23 de abril de 2024 - 06:07

HomeDESTAQUES DO DIATerremoto em Taiwan deixa 9 mortes e mais de 800 feridos

Terremoto em Taiwan deixa 9 mortes e mais de 800 feridos

Nesta terça-feira (2), dois terremotos atingiram Taiwan, o primeiro teve magnitude 7,5, e o segundo, de 6,5. Segundo autoridades locais, ao menos nove pessoas morreram e mais de 800 ficaram feridas em decorrência dos tremores, além de 50 pessoas estarem presas em túneis e prédios que desabaram.

O terremoto, que ainda levou o Japão, as Filipinas e a China Continental a emitirem alertas de tsunami, foi o mais forte a atingir Taiwan em 25 anos. Horas mais tarde, os países cancelaram o alerta.

Veículos da imprensa local transmitiram imagens de prédios tombados no condado de Hualien, no sul, e afirmaram que havia pessoas presas sob os escombros.

Na China continental, o terremoto foi sentido em várias regiões, inclusive Xangai. A província mais afetada foi Fujian, diante da ilha de Taiwan, com relatos sobretudo das cidades de Xiamen e Fuzhou.

As informações do Gdacs (Sistema Global de Alerta e Coordenação em Situações de Desastre) apontam que o primeiro terremoto ocorreu a uma profundidade de 11,4 km. Geralmente, quanto mais próximos da superfície, mais intensos são os tremores. O segundo foi registrado a 11,8 km.

A região que compreende Japão, China e Taiwan é frequentemente chamada de Círculo de Fogo do Pacífico, por sua alta atividade sísmica. Esta zona é caracterizada pela movimentação constante das placas tectônicas,

Esses movimentos tectônicos frequentes resultam na formação de cadeias de montanhas, vulcões ativos e, consequentemente, em alta incidência de terremotos.

Um alerta de tsunami chegou a ser enviado para os moradores das áreas costeiras próximas da região de Okinawa, no sul. Mais tarde, porém, a agência meteorológica japonesa transformou o alerta em apenas um aviso, dizendo que as ondas que atingiram a costa não eram tão altas quanto o previsto.

Autoridades das Filipinas também emitiram alertas para residentes de locais no litoral de diversas províncias, instando-os a fugir. Enquanto isso, a mídia estatal da China reportou que o terremoto pôde ser sentido em Xangai e em ao menos quatro cidades na província de Fujian.

Diário do Ribeira / Grupo Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS