8 de agosto de 2022 - 01:07

HomeDESTAQUES DO DIABasta de Violências: Manifesto público acontece em Registro neste sábado (2)

Basta de Violências: Manifesto público acontece em Registro neste sábado (2)

Neste próximo sábado (2), acontece em Registro, a partir das 14h30, na Praça Joia, o manifesto Basta de Violências: pela cultura da paz, por justiça e em defesa da vida.

Confira abaixo o texto que expõe as motivações da iniciativa:

“A violência é a arma dos fracos: é a expressão máxima da intolerância dos covardes.
O Brasil é um país atravessado pelas violências: contra a mulher, contra os indígenas, contra o povo negro, contra os ativistas sociais e ambientais e contra os trabalhadores brasileiros.

Na sociedade brasileira, a violência se demonstra diariamente, é estrutural e estruturante, resultando e ao mesmo tempo promovendo as desigualdades, o racismo, o machismo, a misoginia e as mais variadas formas de intolerância.

Se nossa história já é marcada pelas violências, este cenário tem somente piorado durante o atual governo, que tem propagado e aumentado o clima de intolerância, ódio e violência. As ações e discursos do Presidente da República incentivam e propagam o clima de banalização e a naturalização da violência por muitas pessoas, organizações e, inclusive, pelas instituições que deveriam atuar em defesa da vida e da paz.

Nos últimos trinta dias, temos assistido a escalada das violências, especialmente contra as mulheres, os ativistas sociais e o povo negro e pobre.

Tivemos o brutal assassinato de Genivaldo cometido por agentes da Polícia Rodoviária Federal de Alagoas; a terrível confirmação dos assassinatos de Dom e Bruno, ativistas ambientais na região da Amazônia; os 25 mortos da chacina da Vila Cruzeiro, especialmente os jovens negros e pobres; e mais recentemente, a violência cometida por parte de Demétrius Oliveira Macedo, contra a vítima Gabriela Samadello Monteiro de Barros, ambos advogados e procuradores da Prefeitura de Registro: a agressão ocorreu no local de trabalho, no dia 20 de junho de 2022.

A violência não está apenas contida nestes terríveis episódios que tivemos conhecimento, mas na contínua falta de ação de instituições que deveriam se posicionar em defesa da vida das pessoas.

É dever do Estado Brasileiro combater todos os tipos de violência, mas pelo contrário, o Estado tem feito muito pouco e temos vivido o aumento da violência, nos lares, nos locais de trabalho e nos espaços públicos.

Por isso, é nosso dever pedir pelo fim das violências, pela defesa da vida dos brasileiros e brasileiras e por fomentar as mais variadas práticas de cultura da paz.

Por isso, lutamos e lutaremos todos os dias pelo fim das violências e convocamos a todos e todas para esta manifestação pública: Basta de Violências: pela cultura da paz em defesa da vida!”

Para assinar o manifesto, clique aqui.

 

 

Diário do Ribeira

 

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS