4 de julho de 2022 - 23:47

HomeDESTAQUES DO DIACreche municipal de Registro participa da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Creche municipal de Registro participa da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Cerca de 120 alunos dos maternais 1 e 2, de 2 a 3 anos, das creches Kiyoshi Seimaru e Novo Mundo, de Registro, participaram da 25ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica – OBA e da 16ª MOBFOG – Mostra Brasileira de Foguetes.

Os protagonistas mirins do Projeto Balão Azul, se apresentaram nesta sexta-feira (20), na creche Kiyoshi Seimaru que estava toda decorada, proporcionando a todos uma grande imersão ao universo planetário do sistema solar.

“Os últimos três meses foram de criatividade e muita inspiração para os alunos, pais e professores. Todos participaram. Pudemos fazer confecção de foguetes, ordem e características dos planetas, utilização de maquetes, jogo de posições sol e lua, roda de conversas e leitura de histórias, experiências de física gravitacional, confecção de areia lunar, oficina de confecção e lançamento de foguetes com a família, observação do dia e noite, entre muitas outras”, comentou a Supervisora de Ensino da rede municipal, Adriana Maria Jacob.

O momento mais esperado por todos foi o lançamento de um foguete. A “máquina espacial” foi construída por pais de aluno a partir de materiais recicláveis. O dispositivo de impulsão foi elaborado com adaptações, utilizando mangueira, cano e uma bomba de bicicleta.

A Diretora da creche, Laudineia de Almeida Antiqueira, fala sobre a motivação da unidade escolar participar da Olimpíada de Astronomia e Astronáutica. “Observamos que um aluno era apaixonado pelos planetas, sistema solar e decidimos em conjunto com a Coordenadora Pedagógica, Maria José de Melo e professores que esse é um assunto que poderia ser de interesse de todos os alunos. A partir daí entramos em contato com OBA/MOBFO, no Rio de Janeiro, para solicitar a participação de creche no evento com o argumento de que a Educação Infantil é parte fundamental do processo ensino-aprendizagem de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Desta forma, conseguimos esta autorização para participar como aprendizes e para uma próxima edição incluir o a educação infantil com material adequado para a faixa etária”.

 

Diário do Ribeira

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS