1 de julho de 2022 - 10:45

HomeDESTAQUE DA HORABarra do Turvo: Mulher é agredida com socos e chutes enquanto segurava...

Barra do Turvo: Mulher é agredida com socos e chutes enquanto segurava bebê no colo

Uma mulher de 21 anos foi agredida com socos e pontapés pelo próprio companheiro, em Barra do Turvo. As agressões ocorreram um mês após a jovem ter o bebê do casal. Ela morava com o homem há cerca de três anos.

De acordo com o relato da dona de casa Ivone Silva Anjos, tudo começou quando o seu então companheiro teve uma crise de ciúmes ao ver um ex namorado dela em um local que eles também estavam. O casal voltou para casa, e logo em seguida o homem saiu enquanto Ivone começava a cozinhar. Quando ele voltou, já estava alterado e aparentava ter ingerido uma grande quantidade de álcool.

Ela conta que quando ele chegou pela segunda vez, trancou a porta da casa e passou a lhe agredir. Ele desferiu um tapa no rosto da vítima, seguido por socos, chutes e puxão de cabelo. Segundo a dona de casa, ele também bateu a cabeça dela na parede. As agressões ocorreram no fim de semana passado.

A jovem afirmou também que o companheiro a agrediu enquanto ela estava com a filha de 1 mês do casal no colo. Além disso, ela relatou que já havia sido agredida outras duas vezes por ele, mas ainda não havia o denunciado pelos crimes pois acreditava em uma melhora por parte dele.

O irmão da vítima, Sérgio da Silva, comentou que a situação é difícil para a família e que a sua irmã se sente acuada, e tem medo de encontrar o agressor novamente.

Prisão
O delegado responsável pelo caso, Fábio Américo Ribeiro Maia, explicou que o suspeito não está preso porque não houve flagrante, conforme é determinado por lei. Segundo a autoridade, a vítima procurou diretamente a delegacia, e ele não foi localizado na sequência. No entanto, ele ressaltou que foram requeridas medidas protetivas, todas deferidas pela Justiça, e o autor está ciente das medidas.

O suspeito compareceu à delegacia dois dias após o crime, e foi ouvido pelo delegado. O caso segue em segredo de Justiça, por envolver violência doméstica. O homem responde ao caso em liberdade. A Polícia Civil solicitou laudos periciais e prossegue com as investigações.

 

Da Redação/Diário do Ribeira

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS