29 de junho de 2022 - 10:54

HomeDESTAQUES DO DIABrasil classifica 4 surfistas à próxima fase na etapa de Peniche

Brasil classifica 4 surfistas à próxima fase na etapa de Peniche

Quatro surfistas brasileiros se classificaram nesta quinta-feira (3) à próxima fase da etapa de Peniche (Portugal) do circuito da Liga Mundial da modalidade (WSL, na sigla em inglês). O potiguar Ítalo Ferreira e o paulista Samuel Pupo ganharam as respectivas baterias no masculino. Conterrâneo de Ítalo, Jadson André foi o segundo na disputa vencida pelo campeão olímpico e também avançou.

 A gaúcha Tatiana Weston-Webb finalizou a bateria em que competiu na segunda posição e se garantiu nas oitavas de final.

A etapa continua nesta sexta-feira (4), a partir das 4h50 (horário de Brasília), com a estreia de mais cinco brasileiros: os paulistas Filipe Toledo, Caio Ibelli, Deivid Silva e Miguel Pupo e o fluminense João Chianca.

Tatiana inaugurou a participação do Brasil em Peniche na quarta bateria do torneio feminino. Com a australiana Molly Picklum disparada na liderança, com manobras que renderam notas 7.17 e 8.33 (as duas melhores da surfista, que teve 15.50 de somatória), a disputa da gaúcha foi pelo segundo lugar. Ela bateu a havaiana Gabriela Bryan nos minutos finais, conseguindo um 5.17 e um 4.93 (10.10 na soma das melhores notas) contra 4.27 e 4.83 (9.1) da rival. Nas oitavas, Tati encara Luana Silva, havaiana que é filha de brasileiros.

Entre os homens, o primeiro brasileiro a competir foi Samuel, que venceu a segunda bateria com 14.6 no somatório das melhores notas (8.1 e 6.5). O brasileiro superou o havaiano Imaikalani deVault (13.73) e o norte-americano Kelly Slater (9.9), lenda da modalidade e 11 vezes campeão mundial.

Se liga no que o @italoferreira falou depois do seu espetáculo em águas portuguesas!

Fiquem ligados para a próxima chamada do #MeoProPortugal que acontecerá amanhã às 4:50 da manhã, horário de Brasília.#WSLBrasil pic.twitter.com/RXxjc544JB

— WSL Brasil (@WSLBrasil) March 3, 2022

Na quarta bateria, Ítalo mostrou o porquê de ter sido medalhista de ouro na Olimpíada de Tóquio, ao cravar 8.5 na primeira onda. Atual bicampeão da etapa de Peniche (2018 e 2019), ele ainda obteve um 7.67 e finalizou a disputa com 16.17 no somatório das notas. Jadson brigou pelo segundo lugar (e pela vaga direta na próxima fase) com o português Vasco Ribeiro. Com um 5.67 na sexta onda, o brasileiro melhorou a somatória para 9.47, ultrapassando o anfitrião (9.17) e se classificando.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS