5 de julho de 2022 - 00:06

HomeDESTAQUES DO DIAJustiça condena homem que matou esposa grávida durante sexo a 18 anos...

Justiça condena homem que matou esposa grávida durante sexo a 18 anos de prisão

O Tribunal de Justiça condenou o homem preso acusado de matar a esposa grávida durante uma relação sexual, em dezembro de 2019, na Várzea Paulista (SP), a 18 anos de prisão por feminicídio. A decisão foi divulgada na noite desta última quarta-feira (16).

O parecer do júri teve começou às 10h30 e terminou por volta das 19h. Foram ouvidas cinco testemunhas, sendo quatro delas comuns à defesa e à acusação.

Marcelo Augusto de Sousa Araújo foi sentenciado a 18 anos de prisão em regime fechado por homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio.

A maquiadora Francine Rigo dos Santos tinha 21 anos e estava grávida de poucos meses na época do crime. O laudo necroscópico de 16 de setembro de 2020, anexado aos autos em 1º de dezembro do mesmo ano, apontou que ela teve um corte na garganta, fratura no punho direito e traumatismo craniano.

O assassino confessou que usou uma lâmina para matar a mulher durante uma relação sexual. De acordo com os dados do Instituto médico legal (IML), os ferimentos causaram parada respiratória, parada cardiocirculatória, inconsciência, hipotermia e desidratação. As lesões causadas na vítima foram de 16 e seis centímetros, além de uma fratura no punho direito.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS