29 de junho de 2022 - 09:35

HomeDESTAQUES DO DIADoria quer início imediato de obras na ponte Santos-Guarujá

Doria quer início imediato de obras na ponte Santos-Guarujá

O Governador João Doria afirmou, na manhã desta quinta-feira (10), que o Estado vai ingressar com ação judicial para garantir o início imediato das obras da ponte de ligação dos municípios de Santos e Guarujá, caso o Governo do Estado não receba até o final de março autorização do Governo Federal. O projeto vai receber investimentos de R$ 3,9 bilhões da iniciativa privada e só não saiu do papel por falta de aval do Governo Federal.

“A obra está aprovada ambientalmente, estruturalmente e do ponto de vista de engenharia aguardando o quê? Autorização do Governo Federal. Já estamos há quase um ano que essa obra poderia ter sido iniciada. Só há uma razão para o Governo Federal não ter liberado: a razão política. Então é uma decepção para todos nós, diante do esforço que fizemos”, disse Doria. “Se não tiver uma solução em relação a isso até o final do mês de março, nós vamos judicializar a questão. Nós vamos até o limite para defender o projeto que está aprovado e a população espera”, destacou.

A construção da ponte foi defendida pelo Governador João Doria desde o início desta gestão. Por meio da Secretaria de Logística e Transportes, o Governo de SP iniciou as tratativas junto à União já em 2019 e em 2020 entregou o projeto atendendo a todos os pedidos feitos pelo Governo Federal, incluindo a ampliação do vão navegável para 750 metros, o maior da América Latina. Desde então, no entanto, o Estado aguarda aval para início das obras, cujo investimento não dependerá de recursos públicos e está garantido por meio do contrato de concessão do Sistema Anchieta-Imigrantes.

O projeto foi atestado pelo Laboratório de Engenharia Naval da USP e pelo Comando da Aeronáutica, que garantiram não haver prejuízos às operações do porto de Santos e do aeroporto de Guarujá. A ponte reduzirá o percurso de 45 km para menos de 20 km, sendo que o tempo de viagem passará de 1 hora para apenas 20 minutos; o que beneficiará o escoamento das cargas e a população da Baixada Santista.

A obra tem prazo previsto de 36 meses e deve gerar cerca de 4 mil empregos diretos e indiretos. Demanda de quase um século da Baixada Santista, a ponte Santos-Guarujá dá aos moradores da região e motoristas de caminhões outra opção de acesso entre as duas cidades.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS