5 de dezembro de 2021 - 05:45

HomeESPORTESCeni sofre 1ª derrota com São Paulo em Bragança e time perde...

Ceni sofre 1ª derrota com São Paulo em Bragança e time perde embalo no Brasileiro

O São Paulo sentiu o peso dos desfalques de seus dois principais atacantes neste domingo, em Bragança Paulista, e perdeu a chance de emplacar a segunda vitória seguida no Brasileiro. A derrota de 1 a 0 para o Red Bull Bragantino freou a tentativa de reação da equipe do Morumbi. Assim, o time segue estacionado nos 34 pontos. Já o time do interior chegou aos 46 e se iguala ao Flamengo e Palmeiras (que joga na rodada nesta segunda contra o Sport).

Embalado pela vitória no clássico diante do Corinthians, o time do técnico Rogério Ceni buscava novo triunfo para, além de se afastar da zona do rebaixamento, vislumbrar um outro objetivo: cavar um lugar na Libertadores.

Escalados como titulares, Luciano e Pablo acabaram passando em branco e desperdiçaram a chance de dar um bico na má fase. No segundo tempo, os dois acabaram substituídos.

Aos 21 minutos, o São Paulo perdeu uma chance incrível pela imprecisão da dupla de atacantes. Luciano recebeu belo passe de Igor Gomes, ganhou do goleiro na dividida e, quando ia finalizar com o gol vazio viu Pablo entrar na jogada e chutar por cima.

Do lado do Bragantino, o garoto Helinho (pertence ao São Paulo) foi o atacante mais efetivo. Pelo menos em duas oportunidades, ele obrigou o goleiro Tiago Volpi a duas difíceis defesas.

No final do primeiro tempo o São Paulo voltou a ser mais ofensivo e esteve muito perto de marcar duas vezes com Gabriel Sara. Na última delas, ele chutou e o lateral Luan Cândido salvou em cima da linha. Na etapa final, o Bragantino voltou mais ligado no jogo e chegou a abrir o marcador com Luan Cândido, mas o gol acabou invalidado pelo VAR, por impedimento.

Com grande potencial nas jogadas de bola aérea, Luan Cândido acabou premiado logo em seguida. Em escanteio da direita, ele subiu mais que Miranda e cabeceou no canto, sem chance de defesa para o goleiro Tiago Volpi, aos 11 minutos.

A desvantagem no placar fez Rogério mexer mais uma vez no time. Já no intervalo, ele havia colocado Igor Vinícius na vaga de Orejuela. Após o gol do Bragantino, o treinador tirou Pablo para entrada de Marquinhos e também sacou Rodrigo Nestor para escalar Vítor Bueno.

O São Paulo se lançou ao ataque e com isso passou a ficar exposto aos contra-ataques dos mandantes. Em um deles, Cuello teve liberdade para o arremate e acertou a trave do goleiro Tiago Volpi. A partida ganhou em emoção, Marquinhos e Vítor Bueno perderam ótimas chances de igualar o marcador. Foi o momento de o goleiro Cleiton aparecer e garantir a vitória.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 1 x 0 SÃO PAULO

RED BULL BRAGANTINO – Cleiton; Weverton (Edimar), Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Luan Cândido; Jadsom Silva, Eric Ramíres (Luciano) e Pedrinho (Cuello); Artur, Hurtado (Alerrandro) e Helinho (Gabriel Novaes). Técnico: Maurício Barbieri.

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Orejuela (Igor Vinícius), Miranda, Arboleda e Reinaldo; Liziero (Éder), Rodrigo Nestor (Vítor Bueno), Igor Gomes e Gabriel Sara; Luciano (Benítez) e Pablo (Marquinhos). Técnico: Rogério Ceni.

GOLS – Luan Cândido, aos 11min do segundo tempo.

ÁRBITRO – Felipe Fernandes de Lima (MG).

CARTÕES AMARELOS – Helinho, Jadsom Silva e Fabrício Bruno (RED BULL BRAGANTINO).

Renda – R$ 139.385,00.

PÚBLICO – 4.345 pagantes.

LOCAL – Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Gazeta SP/Estadão Conteúdo

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS