25 de setembro de 2021 - 21:06

HomeMUNDOAo dar diagnóstico de doença rara em criança, médico fala para os...

Ao dar diagnóstico de doença rara em criança, médico fala para os pais ‘planejarem outro filho’

Já não é nada fácil receber a notícia de que nossos filhos têm uma doença rara. Mas a forma como os médicos dão a informação também podemos nos fazer ter esperança.Anna Kudriavska e Ruslan, um casal ucraniano, porém, sentiuraiva e desprezo pela forma com que o pediatra de seu filho, de 1 ano e 8 meses, falou sobre o diagnóstico de atrofia muscular espinhal tipo 2. Quando questionado se havia tratamento para a doença, o “profissional” respondeu: “É muito caro para o padrão de vocês. É melhor planejarem outro filho”.

Os pais do menino, revoltados com a resposta e conduta fria do médico, fizeram um relato nas redes sociais e pediram ajuda para as pessoas. Em menos de 24 horas mais de 10 mil compartilhamentos já haviam tomado a internet e em páginas de diversos países. Pessoas inconformadas com a resposta cretina do “profissional” de saúde iniciaram uma grande campanha para a arrecadação de dinheiro visando bancar o tratamento da criança.

O casal desconfiou de algum problema com seu filho quando, desde os 4 meses, ele apresentava tremores nas mãozinhas. Depois de uma bateria de exames veio a confirmação: seu bem mais precioso tinha atrofia muscular espinhal tipo 2, uma doença rara que, se não tratada, poderia ser letal já que, aos poucos, tirava das pessoas a capacidade de andar, comer e, já em estágio avançado, de respirar.

Anna Kudriavska e Ruslan, com a ajuda de centenas de pessoas conseguiram arrecadar, até o momento – em reais – R$ 4,5 milhões. O tratamento completo da criança custará, com o desconto que um hospital forneceu, cerca de R$ 9,3 milhões. E a família segue esperançosa que conseguirá chegar nesse valor.

 

Diário do Ribeira/Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS