27 de novembro de 2021 - 05:56

HomeESPORTESRobert Scheidt é o 4º na classe Laser e pode virar recordista...

Robert Scheidt é o 4º na classe Laser e pode virar recordista isolado de medalhas do Brasil

O velejador Robert Scheidt segue firme na briga para se tornar o recordista isolado de medalhas do Brasil em Jogos Olímpicos. Dono de cinco láureas ao lado do também velejador e atual coordenador técnico da vela brasileira, Torben Grael, o atleta paulista ocupa a quarta colocação na classe Laser, em Tóquio. Se conquistar a medalha de ouro, Scheidt se tornará o primeiro tricampeão olímpico do país.

Nesta quinta-feira, foram realizadas mais duas regatas da classe Laser. Scheidt chegou em oitavo e 12º e agora soma 53 pontos perdidos. O líder é o australiano Matt Wearn, com 29 pontos perdidos. Ao todo já aconteceram oito regatas da classe, restando apenas duas na fase de classificação. Os 10 melhores velejadores se classificam para a regata da medalha, que vale o dobro de pontos e não pode ter o resultado descartado.

Na 470 feminina, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan tiveram um bom dia. Com uma vitória na primeira regata e um 10º lugar na segunda, as brasileiras subiram para a quinta colocação na classificação geral, com 16 pontos perdidos. A liderança segue com as polonesas Agnieszka Skrzypulec e Jolanta Ogar, com quatro pontos perdidos.

Na disputa masculina da classe 470, Henrique Haddad e Bruno Bethlem estão na 9ª colocação. Nas duas regatas do dia, os brasileiros chegaram em 17º (resultado descartado) e na segunda posição. Eles somam 21 pontos perdidos, enquanto os líderes, os australianos Mathew Belcher e Will Ryan, estão com quatro pontos perdidos.

Na RS:X feminina, Patricia Freitas garantiu sua classificação para a regata da medalha. Após chegar em 10º, 15º e 12º nas três últimas regatas da classe, a brasileira terminou a disputa na 10ª posição, com 117 pontos perdidos. O primeiro lugar ficou com a chinesa Lu Yunxiu, com 30 pontos perdidos. A regata da medalha está programada para as 14h33 de sábado no Japão (2h33 de Brasília).

Na Finn, Jorge Zarif ocupa a 13ª colocação na classificação geral, com 47 pontos perdidos. Ele foi 5º e 11º nas duas regatas do dia. A liderança passou para as mãos do britânico Giles Scott, com 13 pontos perdidos. Na 49er, Marco Grael e Gabriel Borges estão na 9ª posição. Nesta quinta-feira, a dupla chegou em 6º e venceu a segunda regata, totalizando 36 pontos perdidos. Os líderes são os britânicos Dylan Fletcher e Stuart Bithell, com 18 pontos perdidos.

Na Nacra 17, Samuel Albretch e Gabriela Nicolino fecharam o dia na 11ª colocação, com 48 pontos perdidos. Os brasileiros chegaram em 9º, 10º e novamente 10º nas três regatas do dia. A liderança pertence aos italianos Ruggero Tita e Caterina Banti, com oito pontos perdidos.

Nesta sexta-feira, a disputa da vela prossegue nos Jogos Olímpicos. Para o Brasil, serão disputadas regatas nas classes Laser, 470 feminina e masculina, 49er e 49erFX. Nesta última, Martine Grael e Kahena Kunze, atuais campeãs olímpicas, voltam para a água após um dia de descanso.

 

Diário do Ribeira/Gazeta SP

Foto: Jonne Roriz/COB

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS