17 de abril de 2024 - 19:16

HomeBRASIL70 anos de Lulu Santos: 'Tempos modernos', música mais tocada e gravada

70 anos de Lulu Santos: ‘Tempos modernos’, música mais tocada e gravada

“Hoje o tempo voa, amor”. É com essa frase que começa o refrão de “Tempos modernos”, um dos sucessos de Lulu Santos e a canção de sua autoria que mais tocou no Brasil nos últimos 10 anos. Essa também foi a música do artista mais regravada até agora, por ele e outros intérpretes. Essas são informações de um estudo especial do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) em homenagem ao cantor e compositor que completa 70 anos nesta quinta-feira, dia 04.

Lulu Santos tem um total de 315 obras musicais e 680 gravações cadastradas no banco de dados do Ecad. As obras musicais são as composições do artista, com letra e/ou melodia. Já as gravações são registros de obras musicais disponibilizadas de forma digital (como no streaming) ou em suporte físico (como um DVD). Com isso, uma mesma obra musical pode ter diferentes gravações, como, por exemplo, a original, uma versão acústica ou um show gravado para um DVD.

O artista tem os seus direitos autorais de execução pública garantidos pelo Ecad no Brasil porque faz parte da gestão coletiva da música e mantém o seu cadastro de obras musicais e gravações atualizado. É desta forma que suas canções podem ser identificadas e captadas quando tocam publicamente. No entanto, os valores em direitos autorais só podem ser recolhidos e repassados ao artista quando as pessoas e empresas que utilizam a música fazem o pagamento referente ao licenciamento musical por meio do Ecad, que é garantido por lei.

No Brasil, o Ecad é a única instituição responsável por arrecadar e distribuir direitos autorais sempre que existe utilização pública de músicas em qualquer canal ou espaço: rádio, TV, cinema, estabelecimentos comerciais, plataformas digitais, casas de festas, shows e outros locais de frequência coletiva. Com isso, a instituição garante a remuneração a autores, intérpretes, músicos, editores e produtores fonográficos.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS