17 de abril de 2024 - 19:04

HomeBRASILUsuários reclamam de bloqueio do Telegram no Brasil

Usuários reclamam de bloqueio do Telegram no Brasil

Diversos usuários do Telegram reclamaram da suspensão do aplicativo no Brasil. Alguns falam em “ditadura” e “censura”, enquanto outros argumentam que usam o aplicativo para trabalhar.

A suspensão do aplicativo foi determinada pela Justiça Federal do Espírito Santo após um pedido da Polícia Federal, em uma investigação que envolve ameaças e ataques a escolas.

Foi imposta também multa diária de R$ 1 milhão caso o aplicativo não cumpra ordem anterior de fornecer dados às autoridades encarregadas das investigações.

Na noite desta quarta-feira (26), o aplicativo saiu do ar no Brasil. Ao tentar enviar ou receber mensagens, usuários não conseguem fazer a conexão.

Nas redes, diversos usuários reclamaram da decisão.

“Graças ao bloqueio do Telegram pelo judiciário brasileiro, agora qualquer grupo de malucos assassinos poderá usar a rede tranquilamente, sem ser incomodada. Irão usar a plataforma com VPN”, criticou um deles.

“É ridículo o bloqueio do Telegram no Brasil. Quem apoia esse tipo de ação perdeu a capacidade crítica, se é que um dia teve”, disse outro.

“Para mim esse bloqueio do Telegram é um tipo de retrocesso, que impacto isso teria? O ruim disso tudo, que prejudica, quem precisa dele para trabalho!!!”, reclamou outro.

Alguns usuários trataram a medida como autoritária.

“Nenhuma outra grande democracia fez esse tipo de bloqueio ao Telegram, isso é coisa de regime autoritário e republiqueta”, disse um internauta.

“Com o bloqueio do Telegram. Estamos vendo só uma demonstração com o que está por vir com a censura da PL 2630”, reclamou outro.

“Sobre o bloqueio do Telegram, acredito que todos os amantes da liberdade de expressão devam ir se familiarizando em ter um VPN em seus dispositivos, pois por mais incomodo a censura possa ser, infelizmente essa será a tendência dessa década, onde todos os governos submeterão”, argumentou Elton Tavares.

No entanto, nas redes sociais diversos internautas ensinam supostas maneiras de burlar o bloqueio para fazer o aplicativo continuar funcionando.

“Coisa linda essa rapaziada usando proxy pra burlar o bloqueio do Telegram sem nem saber por onde tá passando, kkkkkkkk”, disse um usuário.

“Cada vez que sai alguma decisão sobre bloqueio do Telegram o brasileiro aprende um pouco mais sobre proxies e como navegar sítios proibidos. Quase todo mundo que eu conheço na internet já tem o Proxy MTProto ou o Proton VPN, por exemplo.”

A retirada de plataformas digitais do ar está prevista no Marco Civil da Internet, de 2014. Normalmente, a sanção é aplicada quando uma ordem judicial ou pedidos de autoridades não são atendidos repetidamente pela empresa.

Segundo a lei, a medida se aplica a situações urgentes, quando há risco ou dano iminente a uma pessoa ou à população. A intenção é provocar a colaboração da empresa, interessada em normalizar o serviço.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS