14 de abril de 2024 - 04:43

HomeDESTAQUES DO DIAPalmeiras reage e busca empate contra o Vasco no Maracanã

Palmeiras reage e busca empate contra o Vasco no Maracanã

Vasco e Palmeiras empataram em 2 a 2, neste domingo (23), no Maracanã, em um jogo válido pela segunda rodada do Brasileirão 2023.

A partida foi intensa. O Vasco foi melhor no primeiro tempo, abrindo 2 a 0 com Pedro Raul e Gabriel Pec. Mas o Palmeiras reagiu, com gols de Rafael Navarro e Artur e, por pouco, não deixou o Rio com uma vitória de virada.

Com o placar, tanto Vasco quanto Palmeiras ficaram com quatro pontos na Série A, já que ambos tinham vencido na primeira rodada.

Na próxima rodada, o Palmeiras tem o clássico contra o Corinthians, sábado (29), às 18h30, no Allianz Parque. O Vasco joga na segunda-feira (1), contra o Bahia, em São Januário, às 20h.

O primeiro tempo teve um Vasco muito eficiente. Assim como no jogo contra o Atlético-MG, o time construiu uma vantagem de 2 a 0. A diferença foi o tempo para consegui-la, considerando o cenário truncado na primeira metade da etapa inicial. Se em Minas foram menos de 10 minutos para alcançar dois gols, o Vasco dessa vez levou 39.

Alguns protagonistas se repetiram, como Gabriel Pec, autor do segundo gol, mais uma vez.

A boa notícia para o Vasco foi a atuação de Pedro Raul. Ele marcou o primeiro gol, aproveitando um cruzamento na medida de Alex Teixeira. O centroavante entrou como uma flecha nas costas da defesa, concluindo uma jogada que iniciou com um lançamento espetacular de Jair.

Depois, o mesmo Pedro Raul deu uma cabeçada que gerou rebote de Weverton e resultou no gol de Pec.

Além das participações nos gols, o centroavante vascaíno conseguiu encaixar o pivô em cima dos marcadores por diversas ocasiões, gerando jogo e ajudando a dar o tempo necessário para aproximação dos companheiros nas saídas rápidas do time.

O Palmeiras não estava nos melhores dias. Mais uma vez, embora tenha chegado ao ataque mais vezes que o Vasco no primeiro tempo. Só que o adversário estava sendo cirúrgico, construiu uma vantagem que faria o Palmeiras remar contra a corrente.

E foi exatamente isso que o Palmeiras fez, ainda na reta final do primeiro tempo, quando Rafael Navarro diminuiu, de cabeça, aproveitando cruzamento de Gabriel Menino.

O gol palmeirense mexer com o ambiente do Maracanã, até então só de euforia vascaína. A torcida da casa passou a ter momentos de silêncio, aflita e desconfiada.

No segundo tempo, a saída de Menino aos 15 minutos para a entrada de Flaco Lopez deu nova configuração tática ao time. Na pressão, Artur empatou, também com uma cabeçada, dois minutos após a alteração.

O Palmeiras cresceu no jogo, passou a fazer a bola rondar com mais frequência a área do Vasco, que se defendia como podia. A dose de vitalidade e juventude aumentou quando Endrick, John John e Luís Guilherme entraram. Mas o jogo terminou mesmo no empate.

Maracanã

Receber o Palmeiras no Maracanã, por si só, já foi um motivo de comemoração por parte do Vasco. O mando do jogo no estádio foi assegurado por uma decisão judicial que contrariou interesses de Flamengo e Fluminense, administradores atuais do Maracanã.

O pano de fundo desse debate é o controle da gestão do estádio – tanto via futura licitação quanto pela permissão de uso emitida a cada 180 dias pelo governo do Rio. O prazo da atual permissão expira na próxima semana. O Vasco quer entrar na disputa, concorrendo com a dupla Fla-Flu.

Por isso, encher o Maracanã foi um tempero a mais – 56.451 ingressos vendidos e 59.867 presentes, para uma renda de R$ 3.321.936,00. A torcida correspondeu e o ambiente foi intenso. As organizadas de Vasco e Palmeiras são amigas, o que trouxe um contexto maior de tranquilidade, na comparação com outro visitante qualquer.

Quem acompanhou o confronto de um camarote do Maracanã foi Josh Wander, dono da 777, investidora da SAF do Vasco. O executivo chegou ao Rio acompanhado de Don Dransfield, CEO da 777 Football Group, e Nicolas Maya, chefe de operações de futebol.

Josh adotou o boné no visual mais uma vez. Antes de a bola rolar, homenageou Roberto Dinamite dando aos filhos carteiras de sócio-torcedor do Vasco da categoria que leva o nome do maior ídolo cruz-maltino, que morreu em janeiro.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 x 2 PALMEIRAS
2ª Rodada do Brasileirão 2023
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 23/4/2023, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Rodrigo Klein (RS)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Rafael da Silva Alves (Fifa-RS)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: Jair, Lucas Piton, Pedro Raul, Gabriel Pec (VAS); Zé Rafael, Gabriel Menino, Murilo (PAL)
Gols: Pedro Raul, aos 28 minutos do primeiro tempo; Gabriel Pec, aos 39 minutos do primeiro tempo; Rafael Navarro, aos 46 minutos do primeiro tempo; e Artur, aos 17 minutos do segundo tempo.

VASCO
Léo Jardim, Puma Rodríguez, Robson Bambu, Léo e Lucas Piton; Rodrigo (Marlon Gomes), Jair, Andrey Santos, Gabriel Pec (Orellano) e Alex Teixeira (Figueiredo); Pedro Raul. Técnico: Claudio Maldonado (Maurício Barbieri suspenso).

PALMEIRAS
Weverton, Gustavo Garcia, Murilo, Gustavo Gómez e Piquerez; Zé Rafael, Gabriel Menino (Flaco López) e Richard Ríos (Fabinho); Artur (Luis Guilherme), Dudu (John John) e Rafael Navarro (Endrick). Técnico: João Martins (Abel Ferreira suspenso).

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS