19 de abril de 2024 - 17:52

HomeDESTAQUES DO DIAEm estreia de Dorival, São Paulo vence América por 3 a 0...

Em estreia de Dorival, São Paulo vence América por 3 a 0 no Morumbi

O São Paulo venceu o América-MG por 3 a 0 na noite deste sábado (22), no Morumbi, pela segunda rodada do Brasileirão.

Os gols foram marcados por Luciano, ainda no primeiro tempo, Calleri e Marcos Paulo, na etapa complementar.

O São Paulo controlava as ações até o fim do primeiro tempo, quando o herói da noite entrou em ação: Rafael. O goleiro fez pelo menos três defesaças para salvar o time.

Dorival teve boa estreia no comando do São Paulo. O esquema inicial montado funcionou e, quando o América-MG tomou controle do jogo, o técnico mexeu no time e viu suas alterações surtirem efeito para voltar a dominar a partida e matar o jogo.

Com o resultado, o São Paulo marca seus primeiros três pontos no Brasileirão. Já o América-MG amarga sua segunda derrota em dois jogos.

Dorival e Rafael

O início da trajetória de Dorival Júnior no São Paulo poderia ser diferente não fosse o goleiro Rafael. O time paulista até começou a partida controlando as ações e abriu o placar, mas depois deu espaço na marcação e foi o arqueiro quem salvou o time.

Rafael fez duas defesas incríveis no fim da primeira etapa em finalização de Everaldo e cabeçada de Matheusinho. No início do segundo tempo, voltou a salvar em chute forte de Aloísio Boi Bandido.

Dorival escalou um trio de volantes à frente da zaga, com a volta de Luan, no centro, Pablo Maia na direita e Nestor na esquerda. Michel Araújo ficou centralizado com liberdade para flutuar logo atrás da dupla de ataque.

Enquanto o placar estava igual, a formação funcionou, mas quando o América saiu para o jogo encontrou espaços. Mesmo com três volantes, o rival conseguiu criar diversas chances. Problema para Dorival corrigir nos próximos jogos.

As alterações de Dorival surtiram efeito e o São Paulo melhorou na partida. A equipe freou o ímpeto do América-MG e aos poucos retomou as rédeas do jogo até chegar ao gol de Calleri que definiu a vitória.

Lances importantes

O São Paulo pressiona a saída de bola do América e Luciano recupera na direita do ataque. O atacante carrega para dentro e bate de fora da área. A bola desvia de leve na marcação, Matheus Cavichioli pula atrasado e a bola morre no fundo das redes.

Minutos depois do gol, o América chega pela esquerda e centraliza a bola para Lucas Kal. Solto no meio do campo, o volante arrisca a bomba de longe e Rafael voa para defender.

O América voltou a assustar perto do fim do primeiro tempo. Em boa troca de passes pela esquerda, Matheusinho ganhou o fundo e cruzou na medida para Everaldo tocar de carrinho para o gol, mas Rafael apareceu de forma sensacional para salvar o São Paulo.

No rebote, a bola ainda bateu novamente no próprio Everaldo e voltou na trave e saiu pela linha de fundo.

No lance seguinte, o América entrou pelo outro lado da defesa e dessa vez Juninho cruzou bola perfeita para Matheusinho cabecear sozinho e novamente exigir ótima defesa de Rafael.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Michel Araujo arrancou da defesa são-paulina, ligou Nestor na esquerda e o meio-campista cruzou rasteiro para Calleri entrar de carrinho na pequena área e perder gol incrível.

No minuto seguinte, o América-MG chegou pela esquerda do ataque e tocou para Aloísio Boi Bandido dentro da área. O atacante tirou a marcação do São Paulo uma, duas vezes e bateu firme, mas o goleiro são-paulino novamente salvou a pátria.

O São Paulo melhorou no jogo a partir das alterações de Dorival e matou a partida aos 37 minutos. Wellington Rato achou Alisson na esquerda, o meia ganhou o fundo e cruzou na medida para Calleri cabecear para o gol.

Marcos Paulo aproveitou lambança da zaga do América, recebeu presente e fechou a conta para o São Paulo.

SÃO PAULO
Rafael; Raí Ramos, Beraldo, Arboleda e Patryck (Caio); Luan (Gabi Neves), Pablo Maia, Nestor (Alisson) e Michel Araujo (Wellington Rato); Luciano (Marcos Paulo) e Calleri. Técnico: Dorival Júnior

AMÉRICA-MG
Matheus Cavichioli; Nino Paraíba (Marcinho), Éder, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Martinez (Henrique Almeida); Matheusinho (Felipe Azevedo), Everaldo (Adyson) e Aloísio (Wellington Paulista). Técnico: Vagner Mancini.

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira (RJ) e Cristhian Passos Sorence (GO)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Gols: Luciano (20’/1ºT), Calleri (37’/2ºT) e Marcos Paulo (49’/2ºT)
Amarelos: Pablo Maia, Patryck, Luciano, Raí Ramos e Dorival; Lucas Kal, Éder e Everaldo
Público: 41.006
Renda: R$ 1.554.942,00

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS