14 de abril de 2024 - 04:46

HomeDESTAQUES DO DIAJailson é expulso, e Palmeiras perde de virada na estreia na Libertadores

Jailson é expulso, e Palmeiras perde de virada na estreia na Libertadores

Com o time reserva, o Palmeiras perdeu de virada por 3 a 1 do Bolívar na estreia da Libertadores, nesta quarta-feira (5), na altitude de La Paz, na Bolívia.

Jailson foi expulso no fim do primeiro tempo e complicou a vida do time de Abel Ferreira, que levou o gol da virada no lance seguinte. O Bolívar também teve um jogador expulso no início do segundo tempo.

Flaco López marcou para o Palmeiras, e Hervías, Bejarano e Uzeda fizeram os gols da virada. O próximo jogo do Palmeiras na Libertadores é no dia 20, contra o Cerro Porteño, no Allianz Parque. Já o Bolívar visita o Barcelona, um dia antes, em Guayaquil.

ESTREIA DE ARTUR

O meia Artur teve uma reestreia apagada no Palmeiras. Com muitas ligações diretas e a bola passando pouco pelo meio de campo, ele ficou apagado e teve dificuldade para fazer seu jogo.

COMO FOI O JOGO

O Palmeiras abriu o placar com gol de Flaco López após muita pressão do Bolívar no início da partida.

Os donos da casa quase fizeram o primeiro em cobrança de falta que desviou na cabeça de Artur, mas Marcelo Lomba fez grande defesa para salvar o clube alviverde, que marcou na primeira subida ao ataque.

A vantagem não durou muito: o Bolívar chegou ao empate com Hervías após erro de Naves na saída de bola. O jogo continuou lá e cá, com os donos da casa assustando nas ultrapassagens pelas laterais, enquanto o Palmeiras apostava na ligação direta e nos contra-ataques. Em sua melhor chance, Flaco López quase fez o segundo, mas parou no goleiro Lampe.

O Palmeiras teve Jailson expulso no fim do primeiro tempo, e o Bolívar virou logo na sequência. Bejarano marcou após boa jogada ensaiada de escanteio. Nos acréscimos, Breno Lopes ainda perdeu grande chance de empatar. E o jogo se complicou para o elenco alviverde, que foi ao vestiário perdendo de 2 a 1 e com um jogador a menos.

No segundo tempo, Abel Ferreira promoveu a estreia de Richard Rios, que logo causou a expulsão de um jogador do Bolívar. José Sagredo fez falta em Rios e levou o segundo amarelo. Com 10 contra 10, o jogo ficou ainda mais aberto, o Palmeiras cresceu e levou perigo com Artur, que chutou rasteiro para mais uma defesa de Lampe.

O Palmeiras buscou o empate a todo custo, mas foi o Bolívar marcou novamente, com Uzeda no fim. Na sequência, quase os donos da casa fizeram mais um, mas Lomba salvou o time alviverde de levar uma goleada.

BOLÍVAR

Lampe; Jesús Sagredo, Bentaberry, José Sagredo; Bejarano, Saucedo, Villamíl, Roberto Fernández, Pato Rodríguez; Hervías e Ronnie Fernández. Técnico: Benãt San José.

PALMEIRAS

Marcelo Lomba; Gustavo Garcia (Gabriel Menino), Luan, Kaiky Naves (Ian) e Vanderlan; Jailson, Fabinho (Richard Rios) e Artur; Mayke (Pedro Lima), Breno Lopes (Navarro) e Flaco Lopez. Técnico: Abel Ferreira

Estádio: Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)

Árbitro: Alexis Herrera (Venezuela)

Assistentes: Jorge Martínez (Venezuela) e Tulio Moreno (Venezuela)

VAR: Juan Soto (Venezuela)

Cartões amarelos: Abel Ferreira, Jailson e Luan (PAL); José Sagredo (BOL).

Cartões vermelhos: Jailson (PAL); José Sagredo (BOL).

Gols: Flaco López (PAL), aos 12′, Hervías (BOL), aos 19′, e Bejarano (BOL), aos 45′ do primeiro tempo; Uzeda (BOL), aos 44′ do segundo tempo.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS