17 de abril de 2024 - 18:56

HomeBRASILBolsa sobe após informações adicionais sobre nova regra fiscal

Bolsa sobe após informações adicionais sobre nova regra fiscal

A Bolsa opera em alta na tarde desta terça-feira (4), com os investidores reagindo a novas informações sobre as novas regras fiscais. As ações dos bancos se recuperam, e ajudam o Ibovespa a se manter no azul, mesmo com quedas de Petrobras e Vale.

Às 15h10, o Ibovespa operava em alta de 0,66%, a 102.179 pontos. O dólar comercial à vista subia 0,29%, a R$ 5,085. Isso depois de cair de R$ 5,28 para R$ 5,07 em sete pregões até esta segunda-feira (3).

No mercado de juros futuros, as taxas estão praticamente estáveis. Nos contratos com vencimento em janeiro de 2024 passavam de 13,20% do fechamento desta segunda-feira para 13,21%. Para janeiro de 2025, os juros têm leve recuo, de 11,97% para 11,95%. No vencimento em janeiro de 2027, há uma queda mais acentuada, de 12,05% para 11,93%.

Sobre o novo arcabouço fiscal, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, deu, na noite desta segunda-feira (3), algumas sinalizações sobre como pretende aumentar a arrecadação, principal aposta do governo para cumprir as metas estabelecidas.

Em entrevista ao canal GloboNews, Haddad disse que a arrecadação precisará aumentar entre R$ 110 bilhões e R$ 150 bilhões para viabilizar as metas. Segundo ele, é possível atingir esses números sem aumentar impostos, cobrando de quem não paga impostos.

Para a equipe da Levante Investimentos, o tom adotado pelo ministro ajudou a amenizar as tensões do mercado. “Mesmo fazendo críticas ao atual patamar da Selic, Haddad negou que tenha trazido qualquer discussão sobre mudança nas metas de inflação do CMN (Conselho Monetário Nacional)”, diz a Levante.

Outra notícia citada por analistas é a intenção do governo de deixar a taxação de fundos exclusivos, voltados para investidores alta renda, para o segundo semestre, segundo reportagem do jornal O Globo. A cobrança de tributos deste tipo de investimento deve ser colocado na reforma do Imposto de Renda, que inclui a taxação de dividendos.

O mercado ainda aguarda as declarações de Haddad em evento promovido pelo Bradesco BBI. A participação do ministro está previsto para começar às 17h00 (horário de Brasília).

Nesta terça-feira, a alta nos preços do petróleo do dia anterior ajudam o investidor a montar uma perspectiva diferente. O temor de uma pressão inflacionária foi trocado pela expectativa de que o aperto monetário nas economias desenvolvidas possa diminuir, segundo a Guide Investimentos.

No exterior, as vagas abertas no mercado de trabalho dos Estados Unidos caíram para o menor nível desde maio de 2021, ficando abaixo dos 10 milhões de postos. Com isso, aumenta a perspectiva de que o ciclo de alta dos juros no país está próximo do fim.

No entanto, os índices de ações em Nova York estão em queda, impactados pelas ações dos grandes bancos. Isso depois que o presidente do JPMorgan, Jamie Dimon, declarou que a crise bancária americana será sentida por anos, segundo relata a Bloomberg.

As ações do Morgan Stanley e do Wells Fargo recuavam quase 3% às 15h10 (horário de Brasília). JPMorgan, Goldman Sachs e Citigroup chegavam perto de 1,5% de queda.

No mesmo horário, o índice Dow Jones tinha baixa de 0,64%. O S&P 500 operava em queda de 0,55%, e o Nasdaq recuava 0,47%.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS