1 de julho de 2022 - 11:12

HomeDESTAQUE DA HORACom salário de até R$ 7,7 mil, ETECs e Fatecs abrirão 2,7...

Com salário de até R$ 7,7 mil, ETECs e Fatecs abrirão 2,7 mil vagas em concurso

O governador Rodrigo Garcia autorizou a realização de concurso público para contratação de mais de 2,7 mil professores e servidores administrativos para atuar em Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado, administradas pelo Centro Paula Souza (CPS), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

“Fiquem atentos ao processo seletivo que vai acontecer no segundo semestre e as contratações serão feitas já em 2023”, disse o governador Rodrigo Garcia (PSDB). A autorização foi publicada no Diário Oficial do Estado de terça-feira (14).

No total, serão contratados 993 professores de Ensino Médio e Técnico, 594 docentes de Ensino Superior, 887 agentes técnicos e administrativos, 227 bibliotecários e 6 especialistas em planejamento educacional. Foi autorizado, ainda, o aproveitamento de 80 vagas de professores remanescentes de concursos anteriores.

Os candidatos aprovados no concurso terão contrato por prazo indeterminado. Os processos seletivos estão previstos para ocorrer no segundo semestre e as contratações serão feitas em 2023.

“O concurso público é mais uma importante medida para reforçar o serviço prestado pela instituição e aprimorar a qualidade do ensino oferecido aos jovens de diferentes localidades do Estado”, afirma a diretora-superintendente do CPS, Laura Laganá.

Remuneração

O professor admitido para atuar no Ensino Médio ou Técnico das Etecs recebe uma remuneração inicial de R$ 4.685,08, considerando a atribuição máxima de 34 horas/aula semanais.

Já nos cursos superiores de tecnologia das Fatecs, o salário inicial para um docente, com atribuição máxima de 29 horas/aula semanais, é de R$ 7.794,43.

Para o emprego público de agente técnico e administrativo (nível médio), o salário inicial é de R$ 1.689,53. Para o cargo de analista de suporte e gestão (bibliotecário), de nível superior, o salário inicial é de R$ 3.068,65. E para o especialista em planejamento educacional, obras e gestão (nível superior), o salário inicial é de R$ 4.737,56.

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS