1 de julho de 2022 - 11:25

HomeBRASILEconomia: Rock in Rio terá 250 shows e deve gerar cerca de...

Economia: Rock in Rio terá 250 shows e deve gerar cerca de 30 mil empregos

Faltam menos de 100 dias para mais uma edição do Rock in Rio e a organização do festival já começou a montar as estruturas que irão receber o público. Neste ano, mais de 700 mil pessoas devem comparecer ao evento para assistir 250 shows. O Rock in Rio acontecerá nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro, na Cidade do Rock, na zona oeste do Rio de Janeiro. Além das atrações musicais, a organização ressalta que serão gerados cerca de 28 mil postos de trabalho e que o impacto na economia da cidade será de
R$ 1,7 bilhão.

De acordo com a organização do Rock in Rio, “são profissionais que fazem toda diferença, desde a equipe envolvida diretamente na produção até os que atuam na estruturação do parque como um todo, da montagem, limpeza e muitos outros setores. Tudo isso também gera um impacto econômico que já está estimado para esta edição (pela Fundação Getúlio Vargas) em R$ 1,7 bilhão na cidade do Rio de Janeiro, por meio da rede hoteleira, comércio e pontos turísticos, já que mais de 60% do público vem de fora da cidade”.

Para o presidente do Rock in Rio, Roberto Medida, o evento deste ano será histórico. “Em 2 de setembro teremos um dia histórico, como em 1985, de festa, de celebração e de paz. Não é apenas sobre música, mas sobretudo experiência. A vida é muito melhor ao vivo. Será uma explosão de felicidade que pode ser percebida desde já neste momento de preparação”.

Cronograma da montagem dos palcos

As primeiras áreas a serem montadas serão a VIP e o Palco Mundo (principal do evento). A VIP segue os mesmos moldes da edição de 2019, com um espaço de 3.680m² e deve receber cerca de 5 mil pessoas por dia.

Paralelamente, o Palco Mundo também é construído. A estrutura terá um visual mais robusto e ainda mais moderno com quase 200 toneladas de aço, equivalentes a 200 carros, totalmente reciclado. Com mais de 100 metros de largura e uma altura proporcional a um edifício de 10 andares, o palco será o maior do festival desde a primeira edição, em 1985.

Para que o público não perca nenhum detalhe dos shows os telões localizados nas laterais do palco também vão mudar. Desta vez, ficarão fixos de forma vertical e aumentarão de tamanho, com 11,5m de altura e 8m de largura.

Espaço Favela e Rock são os próximos

No cronograma, os próximos na montagem serão o Espaço Favela, Rock District e Rock Street e, em seguida, as outras 15 áreas que vão compor todo o local, totalizando os 20 espaços de entretenimento que compõem toda a Cidade do Rock

Transporte para o Rock in Rio?

O público que for ao Rock in Rio deste ano também contará com um serviço de transporte diferenciado. O Transporte Primeira Classe. No total, são 15 trajetos sem paradas, feitos em ônibus executivos.

O valor da passagem é de R$ 125 e garante a ida e retorno do evento. O valor pode ser parcelado em até 3 vezes, e a venda está aberta com vagas limitadas no site.

A venda é somente online e os compradores deverão optar pelo ponto de partida, data e horário que desejarem, mas podem retornar em qualquer horário e para qualquer destino (exceto rota de Petrópolis), a partir de 22h, com saídas mediante demanda.

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS