4 de julho de 2022 - 12:11

HomeDESTAQUE DA HORAEm Cananéia: Ambiental flagra pesca ilegal de peixe de 2 metros em...

Em Cananéia: Ambiental flagra pesca ilegal de peixe de 2 metros em extinção e arrasto de camarões em período de defeso

Durante patrulhamento realizado pela Polícia Militar Ambiental em Cananéia, foi feito o flagrante da pesca de um peixe de 2 metros em extinção, além da apreensão de 12 kg de camarões, pescados em período de defeso.

A primeira demanda da equipe se direcionou ao atendimento da denúncia sobre pescadores que estariam retirando um peixe de grande porte do canal em um local próximo à Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp).

No momento da chegada dos policiais, muitos suspeitos conseguiram fugir antes da abordagem. O peixe – um mero de 2 metros e 150 kg – já estava sem vida e amarrado sob o píer. O animal foi encaminhado ao Instituto de Pesquisa Científica de Cananéia (IPEC), onde será examinado a fim de se chegar a uma conclusão sobre a causa de sua morte.

Cabe ressaltar que a espécie está ameaçada de extinção e é protegida por lei que proíbe a pesca em todo o território nacional desde 2002 .

 

Mero de 2 metros e 150 kg; espécie está ameaçada de extinção — Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

 

A outra ação da equipe ambiental flagrou um barco de arrasto de camarão, com 12 kg do crustáceo, das espécies sete-barbas e camarão-branco, perto da divisa com o Estado do Paraná, na Área de Proteção Ambiental (APA) Marinha Litoral Sul. Na abordagem, um pescador profissional confessou a prática ilegal.

O período de defeso que protege os crustáceos está compreendido entre os dias 1º de março e 31 de maio.

A embarcação e os objetos usados na pesca foram apreendidos e os camarões foram doados para a Casa da Criança e do Adolescente de Cananéia.

 

12 kg de camarões pescados em período de defeso — Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

 

Diário do Ribeira

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS