29 de junho de 2022 - 09:36

HomeDESTAQUES DO DIAEm Miracatu: Homem é preso em flagrante e autuado em R$10 mil...

Em Miracatu: Homem é preso em flagrante e autuado em R$10 mil por abate de anta e posse ilegal de armas e munições

Um homem foi preso neste domingo (20), em Miracatu, por posse ilegal de arma de fogo e munições e por ter abatido uma anta, animal nativo ameaçado de extinção.

O caso se deu durante patrulhamento no bairro Faú, na Estrada do Faú, onde a equipe suspeitou estar ocorrendo atividades de caça em um sítio já conhecido como ponto da atividade ilícita, sendo observadas diversas trilhas ao fundo da propriedade.

Em vistoria realizada pelo local, foram encontradas 2 motocicletas cujos motores ainda estavam quentes, denotando o fato de que teriam sido estacionadas há pouco tempo.

Também na área externa da casa, foi localizada uma mochila contendo cartuchos de vário calibres e uma armadilha do tipo ratoeira.

Dando prosseguimento Às buscas, a equipe adentrou a mata e, em 4 horas de trilhas foram encontradas várias sevas e trepeiros, utilizados para espreitar os animais silvestres.

De volta à propriedade, os policiais se depararam com um indivíduo, que apresentou certo nervosismo diante da equipe e afirmou ser o proprietário do local.
Indagado sobre os objetos encontrados e se havia algo de ilícito no interior do imóvel, ele apresentou uma espingarda cal. 36 e uma caixa com vários cartuchos.

Questionado se havia algo mais de ilícito, ele respondeu que não e permaneceu em estado de nervosismo.

Autorizadas as buscas pela casa, a equipe ainda localizou na cozinha dois canhãozinhos, cartuchos e petrechos de caça e, na geladeira, um pedaço congelado de carne, aparentemente de animal silvestre.

O indivíduo admitiu ter abatido o animal (uma anta) recentemente.

Dando continuidade à vistoria, foi localizada mais uma espingarda cal. 28 na sala do imóvel.

Diante dos fatos, o homem recebeu voz de prisão em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições e foi autuado em R$ 10.000,00 por abate de animal silvestre não autorizado pelo órgão competente e em área de preservação ambiental (APA).

 

Diário do Ribeira

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS