29 de junho de 2022 - 10:46

HomeDESTAQUES DO DIABoulos desiste de se lançar ao governo de SP

Boulos desiste de se lançar ao governo de SP

Quase um ano depois de anunciar, em abril de 2021, que estava disposto a disputar o governo de São Paulo pelo PSOL, Guilherme Boulos confirmou nesta segunda-feira (21) que está desistindo de disputar o cargo.

Quando revelou sua pretensão de concorrer à substituição de João Doria (PSDB) no Executivo do Estado, o Coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) preocupou o PT, com a possibilidade perder votos da esquerda para ele. O PSOL aprovou a pré-candidatura dele em um Congresso partidário.

Pouco antes disso, Boulos chegou a ter conversas com outras legendas, viajou por cidades interior de São Paulo e lançou até seu pré-candidato a vice.

Em entrevista a Mônica Bergamo, da Folha, ele revelou o motivo da desistência.”Depois de conversar com muitos companheiros do meu partido e de analisar o cenário, eu decidi que não vou ser candidato ao governo de São Paulo. Defendo que a unidade [da esquerda] é essencial para acabar com o “tucanistão” e para derrotar o [presidente Jair] Bolsonaro em São Paulo. E não foi possível uma unidade da esquerda em torno do meu nome. Eu me pauto por projeto político. E não por ego ou por vaidade pessoal”, disse Boulos à colunista.

O ativista do MST revelou que, com a desistência da disputa pelo governo do Estado, pretende se candidatar como deputado federal.

“Eu tomei a decisão de ser candidato a deputado federal neste ano, pela importância de fortalecer e de criar uma grande bancada da esquerda no Congresso Nacional. Nós precisamos derrotar o centrão, que hoje está mandando no país. E eu acho que posso ajudar mais nesta tarefa. E ajudar também o PSOL não apenas a ultrapassar a cláusula de barreira como também a aumentar sua bancada [de deputados federais na Câmara]. O PSOL é um partido fundamental para o Brasil, que traz pautas e que traz agendas que precisam ter mais espaço e visibilidade no Congresso Nacional.”, continuou.

Com relação a qual candidato Boulos vai apoiar nas eleições de outubro para governador de São Paulo Boulos disse que “Haddad é hoje o candidato que está melhor posicionado dentro do campo progressista”, mas não cravou apoio formal ao petista. Segundo ele, essa decisão será tomada junto com o partido, posteriormente.

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS