2 de julho de 2022 - 15:03

HomeBRASILPulgas - um sério problema para os gatos

Pulgas – um sério problema para os gatos

Problemas com pulgas em gatos são muito comuns e trazem riscos para saúde do seu bichano. É preciso atenção para prevenir a infestação de pulgas, tanto quanto para tratar as doenças com rapidez, pois podem levar os felinos ao óbito.

Mais do que simples coceira ou incômodo, as pulgas representam sério risco à saúde dos gatos. Alimentam-se de sangue e são muito comuns, causando danos irreversíveis. Conhecido como a “doença da pulga” em gatos, o Micoplasma felino é transmitido pela picada de ectoparasitas, especialmente da pulga infectada, que inserem bactérias através da corrente sanguínea, assim como ocorre na doença do carrapato nos cães.

De acordo com a Comissão de Animais de Companhia (COMAC) do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Saúde Animal (Sindan), entre 30% e 40% dos gatos já sofreram problemas causados por pulgas. No caso do Micoplasma felino, os proprietários devem prestar atenção a sintomas como fraqueza, perda de peso extrema, febre e mucosas amarelas.

Além da higiene dos gatos, é preciso promover a limpeza e a higienização do ambiente frequentado por estes, além das roupinhas e caminhas. O uso de produtos antipulgas é fundamental. Produtos à base de fipronil são os mais indicados devido aos princípios ativos seguros e eficazes para prevenção, tratamento e controle de pulgas e carrapatos.

Como o gato tem o hábito de se lamber, os produtos usados para esta finalidade exigem muita segurança para impedir intoxicações e efeitos colaterais desastrosos para os felinos. Produto a base de fipronil pode ser usado em filhotes (a partir de 8 semanas de idade) e adultos, auxiliando na prevenção e controle de doenças infectocontagiosas, tratando ectoparasitoses em gatos de todas as raças e portes. Além disso, atua de forma completa nos pets e ambientes, prevenindo o risco de reinfestação.

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS