3 de julho de 2022 - 18:30

HomeDESTAQUE DA HORADivulgação sobre suposta desativação do Posto do Corpo de Bombeiros do Vale...

Divulgação sobre suposta desativação do Posto do Corpo de Bombeiros do Vale do Ribeira preocupa população

Na tarde desta quarta-feira (23), o Capitão Renato, da Polícia Militar e, atualmente vereador no município de Registro, divulgou uma informação fazendo menção ao prefeito Nilton Hirota, sobre este estar ameaçando não renovar o convênio com o Corpo de Bombeiros, de modo a desativar o posto do Vale do Ribeira, tornando as demandas que dependem do órgão mais dispendiosas, com necessidade de atendimento em cidades mais afastadas.

 

 

E assim criou-se uma enquete na rede social, que já conta com uma interação grande por parte da população.

“Não concordo em retirar a unidade de Bombeiros de nosso região, porém não é justo só a cidade de Registro bancar esses custos, devido que as outras cidades da região também utiliza esse serviço. O correto é fazer um convênio ou parceria para que essa dívida seja rachada entre os municípios que usam o serviço”, comentou um morador da região.

E vieram críticas duras: “Esse prefeito deve tá de palhaçada só pode! Aproveite bastante que eu nunca mais na minha vida voto em você! Cada dia perde mais meu respeito. Pensei que só tínhamos a ganhar com ele, infelizmente cada dia pior.”

“Como cidadão vai a minha opinião. Entre tirar o Corpo de Bombeiros e o Prefeito, com toda certeza temos que tirar o prefeito. A equipe do Corpo de Bombeiros sempre prestou serviços de excelência na região e merece todo apoio da população em geral. Topo até em participar de um protesto na prefeitura”, comentou um morador de Registro.

O que diz a Prefeitura

Por meio de Nota enviada à Reportagem do Diário do Ribeira, o prefeito esclareceu que, em nenhum momento, ameaçou não renovar o convênio com o Governo do Estado para manutenção do Corpo de Bombeiro em Registro.

De acordo com as informações concedidas, na época em que o acordo foi firmado, há aproximadamente 15 anos, as atribuições e despesas orçamentárias ficariam apenas sob a responsabilidade da Prefeitura de Registro e, desde então, o formato se mantem até hoje.

Por força do convênio, a Prefeitura de Registro se viu obrigada a custear todas as operações realizadas pelo 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros em diversas cidades da região.

“Além de Registro, ocorrem diligências nas cidades de Iguape, Ilha Comprida, Cananeia, Miracatu, Sete Barras, Juquiá, Pariquera-Açú, Cajati, Jacupiranga, Barra do Turvo e Eldorado. Inclusive, na Operação Verão, realizada somente em cidades com praia, a situação com gasto de combustível fica mais evidente, triplicando o valor”, explica a administração do município.

“Diante deste cenário e pela responsabilidade e respeito com o orçamento municipal, uma vez que o mundo enfrenta uma crise financeira em virtude da pandemia causada pela Covid-19 e a Prefeitura precisa honrar o pagamento de 1800 servidores, além de manter os serviços municipais, o Prefeito Nilton Hirota propôs a abertura de diálogo para ratear o custo de manutenção da corporação com todas as cidades atendidas pelo Corpo de Bombeiros. Outra proposta é que haja a criação de postos em Cajati e Iguape para descentralização das ações”, diz a nota.

Por fim, a Prefeitura se vale da ideia de que os demais municípios tenham participação nas despesas e que sejam proporcionais aos seus orçamentos e histórico de atendimento de ocorrências.

“A situação já foi colocada há vários meses e estamos buscando uma solução junto ao CODIVAR a fim de que aponte uma solução para que equilibre o custeio de manutenção com a corporação’, concluiu a gestão do município.

O prefeito Nilton Hirota chegou a gravar um vídeo esclarecendo a questão. Acompanhe:

 

 

Diário do Ribeira

 

 

 

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS