23 de abril de 2024 - 05:10

HomeDESTAQUES DO DIATubarão desorientado volta a aparecer em praia de Itanhaém

Tubarão desorientado volta a aparecer em praia de Itanhaém

Um tubarão-galha-preta que apareceu em uma praia em Itanhaém, na segunda-feira (21), foi visto novamente nas últimas horas, segundo informações da Prefeitura e do Instituto Biopesca.

O animal foi visto na Praia do Centro, por volta das 15h30, nas redondezas da Boca da Barra. O estudante de biologia marinha, Paulo Ricardo Gimenes, estava no local e contou que o animal parecia estar um pouco “desnorteado”. Segundo o relato, banhistas tentavam fazer ele voltar para a água, mas tubarão acabava voltando para o raso.

Animal desorientado

O biólogo e professor da Unesp, Otto Bismarck, disse nesta terça-feira (22), que o tubarão-galha-preta é comum na costa, principalmente no verão. Ele informou que não tem nada de errado ter um desse perto da praia, e ressaltou que o animal não oferece perigo nenhum para os banhistas. Além disso, o especialista comentou que o mais inusitado, e que acontece de vez em quando, é ele aparecer moribundo e quase encalhando.

Para o especialista, a ação de pegar o animal para devolvê-lo ao mar foi correta.
Ele complementa que essa espécie não é de entrar em rio, e que ele foi parar ali porque provavelmente estava fraco e a maré o levou.

Posicionamento

“A Prefeitura de Itanhaém informa que na tarde de 21 de fevereiro de 2022 foi avistado um tubarão, possivelmente da espécie “Tubarão Galha Preta” na Praia do Centro, mais precisamente na Boca da Barra. O tubarão foi avistado no período da tarde, por volta das 15:30h e novamente no período da noite, por volta das 23h. Nos casos de aparições de animais marinhos, a orientação à população é não se aproximar, manter distância e acionar o Instituto Biopesca, que integra o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), atividade desenvolvida para o atendimento do licenciamento ambiental federal, conduzido pelo IBAMA, das atividades da Petrobras na Bacia de Santos, através do telefone (13) 996012570, a Polícia Militar Ambiental através do telefone (13) 34223765 e o Corpo de Bombeiros através do telefone 193.”

“Hoje (22/02), às 5h, o Instituto Biopesca esteve na Boca da Barra, em Itanhaém, à procura de um tubarão cujo encalhe foi notificado por meio de acionamento. Ao chegar ao local, o animal não estava mais lá. Ontem (21/02), a instituição foi avisada da presença de um tubarão ainda vivo também na Boca da Barra e orientou os bombeiros marítimos a levarem o animal para águas mais profundas, já que ele fica desorientado no raso, e, assim, ele poderia ter mais chances de sobrevivência. O Instituto Biopesca é uma organização não-governamental que atua na área de conservação marinha. A instituição sempre orienta os banhistas a se manterem afastados de animais marinhos que encalham na praia e acionem os órgãos responsáveis a fim de manter sua segurança e também a do animal.”

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS