3 de julho de 2022 - 17:12

HomeDESTAQUE DA HORAAcusado de matar idosa a marretadas no Vale do Ribeira rondou casa...

Acusado de matar idosa a marretadas no Vale do Ribeira rondou casa da vítima uma hora antes do crime

O homem que assassinou uma idosa, de 66 anos, foi visto por vizinhos rodeando a casa da vítima uma hora antes do crime em Pedro de Toledo, no interior de São Paulo.  O crime aconteceu no domingo (13) e as informações foram divulgadas pela polícia nesta segunda-feira (14).

A vítima, Dulcinea Polli de Almeida, estava sozinha em casa quando foi surpreendida por um homem que adentrou o seu imóvel e a atacou no rosto e na cabeça com diversas marretadas.

O irmão dela, Vanderlei Polli, foi quem encontrou a vítima e o autor do crime na residência, caídos lado a lado, ensanguentados. O homem desmaiou após convulsionar na cena do crime.

Vanderlei precisou pular o muro para entrar na casa. A porta da sala estava escancarada e, na passagem para o quarto dela, ele viu o corpo da irmã caído no chão com o homem ao seu lado.

Com a chegada da ambulância do Samu e da Polícia Militar, a morte da idosa foi confirmada e o homem foi socorrido e, em seguida, detido pelo crime. A ferramenta utilizada no crime foi encontrada na sala da residência, coberta de sangue.

O local do crime também foi periciado e o corpo da idosa levado ao Instituto Médico Legal (IML). Os vizinhos contaram à polícia que viram o homem rodeado a casa da vítima entre 3h e 4h. O caso segue sob investigação.

 

Diário do Ribeira

 

 

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS