29 de junho de 2022 - 10:13

HomeDESTAQUES DO DIASem citar o Chelsea, Abel espera duelo Davi contra Golias na decisão

Sem citar o Chelsea, Abel espera duelo Davi contra Golias na decisão

Após a classificação do Palmeiras para a final do Mundial de Clubes da Fifa com a vitória sobre o Al Ahly nesta terça-feira (8), por 2 a 0, o técnico Abel Ferreira afirmou que espera uma dificuldade ainda maior na decisão, na qual o clube enfrentará o vencedor do duelo entre Chelsea e Al Hilal.

Sem citar o nome do time inglês, favorito na disputa contra a equipe da Arábia Saudita, o comandante dos palmeirenses vê o adversário da final em vantagem.

“É Davi contra Golias. Nunca vendi ilusões a ninguém, falei muito antes. É verdade que vamos ver quem vai ser nosso adversário, vamos esperar. Falo do próximo jogo quando conhecer o adversário. O que dava para controlarmos, o que tinha para fazer, nós fizemos”, comentou o português.

Questionado especificamente se preferia enfrentar o Chelsea ou o Al Hilal, Abel desconversou. “Eu prefiro estar na final. Vamos desfrutar, vamos competir e temos um propósito, que é ganhar.”

Para o técnico, o Palmeiras teve uma vitória “justa” contra o Al Ahly porque fez uma partida “inteligente” e soube atuar em conjunto para furar a defesa adversária. “Acho que foi o que fizemos hoje. Respeitamos o adversário, seguimos o plano. Digo a eles o que é para fazer, mas isso é só 30%. O resto é a força deles, o caráter deles.”

O atacante Dudu, autor do segundo gol e um dos principais jogadores do time neste confronto, destacou o trabalho de Abel na preparação para a disputa do Mundial.

“O time fez o que o Abel pediu. Marcou bem e saiu em velocidade. A gente se entende muito bem, time tem muita qualidade. Time e torcida estão de parabéns. Na hora em que teve que ter calma, a gente teve. E na hora em que precisamos de velocidade, também. O objetivo era esse, a gente sabia que seria difícil a semifinal. Time que quer ser campeão não pode escolher adversário”, afirmou.

O camisa 7 elogiou, ainda, a parceria com Raphael Veiga, autor do primeiro gol do Palmeiras em Mundiais. “A gente [ele e Veiga] se entende muito bem.”

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS