1 de julho de 2022 - 10:14

HomeDESTAQUES DO DIAButantan está pronto para fornecer 10 milhões de doses de vacina a...

Butantan está pronto para fornecer 10 milhões de doses de vacina a crianças, diz Doria

O governador João Doria (PSDB) informou, durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira, que o Instituto Butantan está pronto para fornecer 10 milhões de doses da Coronavac para o público infantil para o Ministério da Saúde. O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, diz que aguarda apenas a ordem do governo para realizar a entrega.

“O Instituto Butantan vai fornecer para o Ministério da Saúde 10 milhões de doses da vacina Coronavac, aprovada pela Anvisa, para as crianças de outros estados brasileiros na faixa etária de 6 a 11 anos”, disse Doria durante coletiva.

Apesar do tom do tucano, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, reforçou que o governo paulista ofereceu 10 milhões de doses para entrega imediata à Pasta, mas ainda não houve posição oficial do Ministério.

“Pela imprensa houve já a manifestação do Ministério que haverá a incorporação da vacina, estamos aguardando simplesmente que chegue essa ordem para que nós possamos rapidamente disponibilizar essa vacina para todo o Brasil”, disse Covas.

Além disso, ele também informou que foi oferecido à pasta um adicional de 20 milhões de doses que poderão ser entregues entre 20 e 25 dias.

Ao Broadcast Político (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), o Ministério reafirmou que “segue em tratativas com o Instituto Butantan para a aquisição de novas doses de vacinas covid-19”, sem dar maiores detalhes do tema.

No dia 20 de janeiro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso de doses pediátricas da Coronavac para crianças entre 6 a 11 anos. Logo após a autorização, o Estado de São Paulo iniciou a imunização infantil com a vacina do Butantan

Dia C da Vacinação

Para promover a vacinação infantil, o governador paulista também anunciou o dia ‘C’ da vacinação, previsto para o próximo sábado (5).

“Com a oportunidade de os pais e responsáveis levarem seus filhos de 5 a 11 anos para a vacinação”, disse Doria. “É uma grande mobilização, das 8 da manhã às 8 da noite”, acrescentou.

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS