23 de janeiro de 2022 - 02:45

HomeBRASILMédico mata sua cachorrinha por ela ter feito xixi no lugar errado,...

Médico mata sua cachorrinha por ela ter feito xixi no lugar errado, diz PM

Um médico de 30 anos foi preso sob suspeita de espancar até a morte um de seus cachorros, em Cascavel (PR).

O caso aconteceu na noite de segunda-feira (10), e vizinhos acionaram a polícia.

Um vídeo gravado pela testemunha e que deve ser usado na investigação registra o som que seria da agressão e o animal ganindo.

A spitz Capitu, que teria aproximadamente cinco meses, chegou a ser levada a uma clínica, mas não resistiu.

Segundo o capitão da Polícia Militar Diego Astori, o tutor disse que se estressou ao tentar corrigir o animal, que havia feito xixi em lugar errado, e deu um golpe. De acordo com o relato, a cadela convulsionou em seguida.

Reportagem do Boa Noite Paraná, da RPC, mostra que, na ficha técnica de atendimento ao pet, o médico disse ter dado duas chineladas em Capitu, que desmaiou. O registro destaca ainda que ele falou “eu matei ela, a culpa é minha”, conforme o telejornal.

Já em depoimento à Polícia Civil, o tutor negou a agressão. Afirmou que tentou corrigir a cadela, que era escandalosa e esperneava enquanto era colocada de castigo. Então, disse, bateu com o chinelo no chão e ela teve uma convulsão.

Conforme a emissora, uma ONG da região pediu a guarda do outro cachorro do médico.

Maus-tratos a animais é crime

A lei Sansão, em vigor em 2020, aumenta a pena para quem maltratar cães e gatos, especificamente —prevê reclusão de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda para quem praticar abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar esses animais.

Denúncias podem ser feitas para a Polícia Militar ou em delegacias da Polícia Civil. Ao informar maus-tratos às autoridades, o denunciante deve reunir dados do animal, tutor e a maior quantidade de provas possíveis.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS