18 de agosto de 2022 - 01:35

HomeDESTAQUES DO DIASantos adia desfiles do Carnaval 2022 em razão de casos de gripe...

Santos adia desfiles do Carnaval 2022 em razão de casos de gripe e covid-19

O prefeito Rogério Santos, durante transmissão feita pelas redes sociais da Prefeitura de Santos, divulgou nesta segunda-feira (10) que a Administração Municipal, em conjunto com as escolas de samba da cidade, decidiram adiar os desfiles que seriam realizados no Sambódromo Passarela do Samba Dráusio da Cruz entre a última semana de fevereiro e a primeira semana de março. Apesar de não ter divulgado a data exata de quando os desfiles ocorrerão, o chefe do Executivo santista afirmou que a festividade ocorrerá ainda durante o ano de 2022.

Segundo o prefeito, o anúncio feito durante a noite de ontem por meio da internet e em coletiva direcionada para a imprensa local já havia sido alinhado junto das escolas de samba há algum tempo.

“O desfile de carnaval das escolas de samba não acontecerá no feriado de Carnaval. Está adiado o desfile, estão adiadas as apresentações. Nós tínhamos um compromisso de noticiar essa decisão, o resultado dessa decisão, entre os dias 15 e 20 de janeiro. As escolas se reuniram, chamaram a Prefeitura e pediram que nós antecipássemos essa decisão de adiar o desfile desse ano”, explicou Rogério Santos.

Ainda durante o anúncio, o chefe máximo do Executivo santista explicou que até mesmo a Prefeitura vem sofrendo ‘desfalques’ devido a contaminações pelas novas variantes da Covid-19 e da Influenza.
“Nós estamos aqui com vários funcionários com Covid-19, nada em estado grave, mas temos notícias de companhias aéreas cancelando viagens por falta de funcionários de equipamentos de saúde que estão fechando por falta de profissionais seja por Covid ou por gripe”.

Apesar de não ter definido uma data certa para quando os desfiles ocorrerão, Rogério explica que está alinhado entre Prefeitura e as escolas de samba para que isso ocorra ainda ao longo dos próximos 11 meses.

“O desfile das escolas de samba está adiado, não será realizado no feriado, mas faremos a apresentação ainda neste ano. É uma cadeia importante cultural e econômica das comunidades, estamos falando de escolas de samba com mais de 70 anos, entidades sérias que sempre apoiaram a cidade de Santos, seja nos momentos de desabrigamento,  na própria vacinação, entidades sérias e que se propuseram a adiantar a decisão junto com a prefeitura já no dia de hoje”.

Ao contrário de outras cidades da Região, como Peruíbe, que também anunciou ontem o cancelamento de seu carnaval dentro do município, Santos se junta a um seleto grupo de cidades que optou por manter as festividades, mesmo que não saiba exatamente quando ela irá ocorrer.

“A pandemia de covid e a epidemia de gripe na região sudeste estão lotando os prontos-socorros. A prefeitura ampliou o atendimento de pronto-socorro, criou duas unidades de testagem na cidade, compramos mais kit de testagem e é um momento de cautela, é o momento em que a prefeitura, a saúde pública, recomenda que não haja aglomeração. Então nada melhor a gente seguir o Bom exemplo a coerência de que a prefeitura não promova eventos. Já foi assim no Réveillon, foi assim nos eventos de verão que aconteceram aqui na região central e agora, em conjunto com a liga das escolas de samba, também o adiamento do desfile”, conclui o prefeito.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS