8 de agosto de 2022 - 01:10

HomeDESTAQUES DO DIAInternações por Covid em SP acendem alerta para festas de fim do...

Internações por Covid em SP acendem alerta para festas de fim do ano

Desde o dia 10 de dezembro, quando o sistema de dados do SUS sofreu um ataque hacker e ficou fora do ar, não há atualização de casos e mortes por Covid-19 em São Paulo. Mas os números de internações acendem um alerta no Estado. A média diária de internações pela doença cresceu 32,6% em duas semanas.

A média móvel de internações em São Paulo está em 378; há uma semana a média móvel era de 283 internações. O texto conta com informações da Agência Brasil.

De acordo com análise do Observatório Covid-19, não é possível afirmar qual o agente infeccioso responsável pelo aumento de hospitalizações. Três hipóteses foram traçadas: o contágio pela variante Ômicron; uma epidemia de Influenza A a exemplo do que ocorreu no Rio de Janeiro; ou uma combinação das duas ocorrências.

O engenheiro Rodrigo Pereira pegou influenza a poucos dias e está se recuperando. Ele conta quais foram os principais sintomas.

Os sintomas de covid e gripe causada pela influenza são bem semelhantes, a diferenciação de uma doença para outra geralmente ocorre através dos exames laboratoriais.

As recomendações dos infectologistas para evitar a disseminação tanto da covid-19 como do vírus influenza nas festas de fim de ano são as mesmas. Primeiramente, que a confraternização seja entre pessoas vacinadas.

Outra orientação é que a festa seja em local aberto ou com ventilação, como explica o integrante do Observatório Covid-19 e pesquisador Vitor Mori.

Cabe lembrar que em todo o país a dose de reforço da vacina da covid já está antecipada para 4 meses. Com relação à vacina da gripe, ela está sendo desenvolvida para abarcar a nova variante. O período das campanhas de imunização costumam ocorrer todos os anos entre abril e setembro.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS