17 de maio de 2022 - 02:03

HomeDESTAQUES DO DIAHopi Hari: Trava de montanha-russa se solta na mão de visitante durante...

Hopi Hari: Trava de montanha-russa se solta na mão de visitante durante subida do brinquedo

A trava da principam montanha-russa do Hopi Hari, a “Montezum”, se soltou nas mãos de um visitante durante a subida do brinquedo na tarde do último sábado, dia 11. No vídeo – que está circulando nas redes sociais – é possível observar o homem levantando a peça de segurança individual enquanto o carrinho já estava parado. A Reportagem do Diário entrou em contato com o parque, que disse que dividirá o fato com o fabricante do brinquedo, já que, segundo o próprio Hopi Hari, a peça em questão é original.

O incidente aconteceu por volta das 17h40 do último sábado, 11 de dezembro. A Montezum é uma montanha-russa de madeira e chega a quase 43 metros de altura em sua primeira subida. Quando desce atinge uma velocidade de 103 km/h. O visitante teria percebido que a sua trava de segurança estava solta e fez o sinal de ‘X’ com os braços acima da cabeça (protocolo utilizado em todas as atrações do Parque, quando um visitante, por alguma razão, solicita a parada do brinquedo). Os funcionários logo pararam o trem e foram prestar assistência por uma escada lateral aos trilhos. Foi quando o homem começou a balançar a peça de segurança nos braços, mostrando que ela estava solta.

Segundo a assessoria do parque a Montezum ficou fechada pelo restante do dia e voltou a operar nesse domingo normalmente, após inspeções adicionais de segurança.

Em nota o Hopi Hari disse que, além da peça que se soltou, os trens da Montezum possuem outros mecanismos de segurança que garantem uma brincadeira segura e divertida – mesmo sem esse acessório -.

CONFIRA NA ÍNTEGRA A NOTA DO HOPI HARI E, LOGO ABAIXO, O VÍDEO QUE MOSTRA A PEÇA SOLTA NAS MÃOS DO VISITANTE:

A despeito da parada técnica ocorrida no sábado, 11 de dezembro, na montanha russa (Montezum), o Parque Temático Hopi Hari informa que, logo após o início do ciclo, ainda no princípio da primeira subida da atração, o visitante sinalizou a necessidade de parada, fazendo o sinal de ‘X’ com os braços acima da cabeça (protocolo utilizado em todas as atrações do Parque, quando um visitante, por alguma razão, solicita a parada do brinquedo), imediatamente, a equipe responsável pela operação suspendeu o ciclo, e iniciou a análise da ocorrência.

O protocolo – em caso de parada técnica – foi iniciado, até que todos os visitantes fossem desembarcados e os assentos dos dois carros inspecionados, por conta disso, como a parada ocorreu por volta das 17h40, a atração não foi reaberta neste dia, voltando a operar normalmente no dia seguinte.

O Hopi Hari ressalta que mantém as inspeções diárias na atração – antes da liberação aos visitantes – e, durante toda a operação, os atendentes realizam a dupla checagem das travas e cintos de segurança, antes da liberação do ciclo operacional. E, ainda, inspeções semanais, mensais, anuais e auditoria independente externa, que fazem parte do protocolo de manutenção preventiva das atrações do Parque. Na Montezum, além da trava, há o cinto de segurança e os assentos possuem geometria e divisória lateral para auxiliar na contenção do visitante em sua posição. O Parque também investe em capacitação de sua equipe operacional para monitorar o andamento do ciclo, mesmo após a saída da estação, garantindo assim o atendimento rápido em casos de parada técnica.

Sobre a peça em questão, o Hopi Hari destaca que utiliza peças originais, segue os manuais e orientações do fabricante da atração e dividirá com ele essa ocorrência, em busca de melhorias no processo. Sendo assim, o Parque reitera seu compromisso de agir com transparência e responsabilidade e levar a melhor experiência ao seu público.

ASSISTA AO VÍDEO (VÁ ATÉ O MINUTO 1´05):

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS