5 de dezembro de 2021 - 05:05

HomeDESTAQUES DO DIAAmbiental faz uma série de flagrantes de pesca ilegal no Vale do...

Ambiental faz uma série de flagrantes de pesca ilegal no Vale do Ribeira e aplica mais de R$ 12 mil em multas

Nesta quinta-feira (11), durante patrulhamento ostensivo náutico, em execução à Operação Piracema e Operação São Paulo Mais Seguro, a Polícia Militar Ambiental flagrou diversos casos de pesca ilegal no Vale do Ribeira, todas praticadas no interior da Unidade de Conservação APA CIP.

O primeiro caso se deu no Canal do Valo Grande, em Iguape. A equipe patrulhava pelo Mar Pequeno e pelo Canal do Valo Grande quando, em dado momento, identificaram a pesca de manjuba em local proibido, conforme preconiza o Art.3º da Instrução Normativa Ibama nº 033/04.

De acordo com a equipe, havia vários pescadores em diversas embarcações, que ao notarem a presença dos policiais, empreenderam fuga abandonando várias redes do tipo corrico utilizadas para pescar manjuba (anchoviella lepidentostole).

Seguindo com o patrulhamento, a equipe localizou e abordou um individuo que estava pescando com sua embarcação e colhendo seu material de pesca. Questionado a respeito da carteira de pescador, ele alegou possuir, porém não estar portando-a naquele momento.

Diante da atividade ilegal, foram apreendidos 01 canoa de fibra de 7 metros, 01 motor de popa, 10 panos de rede (corrico) medindo 50 metros cada, 2 kg de manjubas e 02 sinalizadores.

O infrator foi autuado em R$ 4.160,00 por pesca em local proibido e por exercer a atividade de pesca sem portar a respectiva carteira de pescador.

O pescado apreendido foi destinado à Associação Beneficente dos Idosos de São Vicente de Paula. Demais materiais permaneceram sob o poder da Polícia Ambiental, em Iguape.

Outros flagrantes

O segundo caso diz respeito a uma série de flagrantes realizados na cidade de Registro, no Rio Ribeira de Iguape, no bairro Vila Nova.

Durante patrulhamento ambiental, a equipe surpreendeu diversas embarcações e, das 04 abordagens realizadas, apreendeu 12,5 kg de pescados entre manjubas e sardinhas, oriundos de atividade ilegal. Nesta ação foi aplicado um total de R$ 8.420,00 em multas, com apreensão de outras 04 embarcações e petrechos de pesca.

Operação Piracema

A Operação Piracema esta sendo realizada em todo o Estado de São Paulo, com o objetivo de fiscalizar e inibir a pesca predatória durante a piracema, época de reprodução de peixes nativos de rios, lagos, lagoas e represas.

 

Diário do Ribeira

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS