5 de dezembro de 2021 - 04:57

HomeDESTAQUE DA HORACarnaval de rua de SP já tem 867 blocos inscritos; veja como...

Carnaval de rua de SP já tem 867 blocos inscritos; veja como será

Prefeitura de São Paulo anunciou nesta segunda-feira ter recebido 867 inscrições de desfiles de blocos de rua para o Carnaval de 2022. Os desfiles a céu aberto serão realizados entre 19 de fevereiro e 6 de março.

O número de inscrições para 2022 só perde para o Carnaval de 2020, quando houve 960 inscrições de blocos de rua.

Agora, as documentações para habilitação dos blocos serão analisadas para possível autorização. O prazo para que os representantes dos blocos entrassem com o pedido de inscrição começou em 19 de outubro e se encerrou na última sexta-feira (5).

De acordo com o secretário Municipal das Subprefeituras, Alexandre Modonezi, a realização do evento depende das aprovações dos órgãos de saúde que avaliam a situação epidemiológica da pandemia da Covid-19.

“Se o cenário favorável permanecer, a Prefeitura de São Paulo estará preparada e organizada para receber, ao que tudo indica, o maior Carnaval de rua do Brasil em 2022”, destacou.

Patrocínio maior

A gestão municipal também anunciou que a CBRS S.A., empresa ligada à Ambev, é a parceira oficial do Carnaval de rua de São Paulo de 2022. A empresa apresentou a proposta de R$ 23 milhões durante a sessão de pregão presencial de licitação, na manhã desta segunda-feira. De acordo com a prefeitura, é o maior valor de patrocínio para o Carnaval de rua de São Paulo.

Em 2020 o Carnaval de rua paulistano recebeu R$ 21,9 milhões de patrocínio, ante R$ 16,1 milhões em 2019.

A patrocinadora tem o direito de exploração publicitária em banheiros químicos, painel de programação, pórtico, galhardete, torre tríade para sinalizar local de encontros dos foliões, caixa de isopores portáteis e similares, placas para sinalização de locais de concentração e infláveis.

Para 2022, a cidade será organizada em polos grandes e médios, além dos caminhos pequenos. De forma geral, informou a prefeitura, os mesmos percursos programados para 2020 serão mantidos. A expectativa é que a cidade receba cerca de 15 milhões de foliões no período pré, durante e pós Carnaval.

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS