19 de maio de 2022 - 09:47

HomeDESTAQUES DO DIAEric Adams se torna 2º prefeito negro a comandar Nova York, aponta...

Eric Adams se torna 2º prefeito negro a comandar Nova York, aponta projeção

O democrata Eric Adams foi eleito como novo prefeito de Nova York nesta terça (2), segundo projeções da agência de notícias Associated Press e da CNN americana. Ele será o segundo negro a comandar a cidade na história. O primeiro foi o também democrata David Dinkin, entre 1990 e 1993.

Com 30% da apuração concluída, Adams soma 72,8% dos votos, o que permitiu projetar sua vitória sobre o radialista republicano Curtis Sliwa, que alcançava apenas 22,6% de preferência.

Adams, 61, é ex-capitão da polícia de Nova York. Ele centrou sua campanha na questão da segurança pública. A cidade enfrenta um aumento dos crimes violentos pela primeira vez em 30 anos, e também se recupera da crise gerada pela pandemia, que freou o turismo e esvaziou escritórios, duas importantes fontes de renda para a maior metrópole dos EUA, onde vivem 8,4 milhões de habitantes.

Sua campanha foi financiada por empresários do establishment imobiliário, na cidade com o metro quadrado mais caro do país e com maior número de apartamentos para locação, o que gera dúvidas sobre o quanto ele ficará ligado a esse grupo quando for prefeito. Ele é proprietário de imóveis e foi acusado de pouca transparência, não registrando ao menos um apartamento.

Adams já se posicionou contra políticas de controle de preços de aluguel, que foram adotadas durante a pandemia. Questionado sobre o tema, disse que regular aluguéis discrimina pequenos proprietários “negros e marrons” como ele. A maioria dos apartamentos para locação em Nova York, porém, pertence a empresários com dezenas de propriedades, e o lobby imobiliário é predominantemente branco.

O novo prefeito, que tomará posse em janeiro, é atualmente subprefeito do Brooklyn e atraiu uma coalizão diversa de eleitores, que vai da conservadora e predominantemente branca Staten Island a bairros latinos de classe média no Queens e no Bronx.

Adams nasceu no Brooklyn, filho de pais que vieram do Alabama para Nova York na década de 1950. Era o quarto de seis irmãos e teve uma infância pobre. Aos 15 anos, foi preso por roubo e apanhou da polícia. Ele ficou alguns dias detido, mas o caso o motivou a entrar nas forças de segurança para tentar mudar a forma como a corporação agia. Ele entrou na polícia de Nova York na juventude, permaneceu na instituição por 22 anos e saiu dela como capitão.

Na polícia, ele liderou uma associação de agentes negros e trabalhou com o grupo Nação do Islã. Em 1997, ele se registrou como republicano, mas em 2001 migrou para o Partido Democrata. Em 2006, se elegeu para o Senado estadual, e ficou no cargo até 2013, quando assumiu o cargo de subprefeito do Brooklin.

Os democratas governam a cidade desde 2002. O empresário Michael Bloomberg ficou no cargo por 12 anos, e foi sucedido por Bill de Blasio, em 2014, que fica no cargo até o fim deste ano.

 

Gazeta SP/Folhapress

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS