17 de maio de 2022 - 01:48

HomeESTADOPrefeitura de SP libera ocupação máxima e acaba com restrições no comércio

Prefeitura de SP libera ocupação máxima e acaba com restrições no comércio

Com o aumento do número de pessoas vacinadas contra a Covid-19 e a diminuição dos números de casos, internações e óbitos pela doença na cidade, a Prefeitura de São Paulo publicou nesta quinta-feira (28) do Diário Oficial o decreto nº 60.681, que diminui as restrições para funcionamento de estabelecimentos públicos e privados.

A medida revoga as restrições de ocupação, horários de funcionamento e distanciamento mínimo entre pessoas nos estabelecimentos. A obrigatoriedade do uso de máscaras continua em vigor, bem como a apresentação do Passaporte da Vacina em eventos com público superior a 500 pessoas.

“Nós ainda tínhamos vários decretos para a restrição de atividades, por isso trabalhamos com as nossas equipes para poder chegar a esse documento, que deixa claro que não existe mais nenhuma restrição, mas enfatiza que o uso da máscara continua sendo obrigatório, assim como a apresentação do Passaporte da Vacina”, ressaltou o prefeito Ricardo Nunes.

Atualmente, entre as cidades com mais de 1 milhão de habitantes, São Paulo tem o maior percentual de vacinados no mundo.

“A pandemia obrigou a Prefeitura de São Paulo a tomar decisões muito difíceis para preservar a vida e saúde da população, e nos levou a um árduo trabalho para oferecer apoio às pessoas mais vulneráveis. Ver esses tempos difíceis ficando para trás nos enche de emoção e esperança”, comemora a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Aline Cardoso. “Ao longo desses dezenove meses, levamos auxílio emergencial, alimentos, qualificação, microcrédito, entre outras ferramentas para mitigar os efeitos da crise sobre essas pessoas, e agora cada passo na direção do retorno à normalidade é um fortalecimento da retomada das oportunidades e do desenvolvimento econômico na cidade”, finalizou.

Diário do Ribeira/Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS