5 de dezembro de 2021 - 04:19

HomeSem categoriaCircuito Cinesolar leva exibição de filmes a comunidades quilombolas de Registro e...

Circuito Cinesolar leva exibição de filmes a comunidades quilombolas de Registro e Miracatu

De hoje (28) até sábado (30, a cidade de Miracatu, incluindo a comunidade Quilombola Biguazinho e ainda, a Comunidade Quilombola Peropava de Registro, recebem o roteiro cultural do Cinesolar, o primeiro cinema itinerante do Brasil movido a energia limpa e renovável. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas e lúdicas, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito a projetos culturais.

A programação cultural em Miracatu, acontece no bairro de Santa Rita, no dia 28. Já nos dias 29 e 30, as atividades acontecem nas comunidades Quilombolas de Biguazinho (Miracatu) e Peropava (Registro). Em todos os dias serão exibidos curtas-metragens com temática infantojuvenil e o longa-metragem “O Rei Leão” (2019). Haverá ainda uma oficinema sustentável no dia 30, ação que visa ensinar técnicas audiovisuais aos participantes.

O roteiro cultural do Cinesolar em Miracatu e Registro é viabilizado por meio ProAC, patrocinado pelo Legado das Águas, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Miracatu, Fundação ITESP e Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, com realização da Brazucah Produções e Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa.

Devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, as exibições seguirão rígidos protocolos de segurança. Serão disponibilizados álcool em gel para higienização das mãos, haverá controle de acesso e distanciamento entre as cadeiras; o uso de máscara será obrigatório durante todo período de exibição.

Confira abaixo a programação das exibições:

Dia 28 – Miracatu
Local: Ginásio Municipal (ao lado da Escola Estadual no Bairro de Santa Rita)
18h: Sessão de curtas-metragens
19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

Dia 29 – Miracatu
Local: Comunidade Quilombola Biguazinho
18h: Sessão de curtas-metragens
19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

Dia 30 – Registro
Local: Comunidade Quilombola Peropava
Das 14h às 17h: Oficinema Solar
18h – Sessão de curtas-metragens
19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

Saiba mais sobre os filmes exibidos:

O Rei Leão (Jon Favreau (2019) – EUA, 118 min, Ficção. Livre)
Sinopse: A mais recente versão de Rei Leão, da Disney, dirigido por Jon Favreau, retrata uma jornada pela savana africana, onde nasce o futuro rei da Pedra do Reino, que precisa vencer a traição e a adversidade para assumir o lugar que é seu por direito.

Programa de curtas-metragens:
“Animais da Mata Atlântica I”
Direção: MUZOO Unesc
Duração: 5 minutos
Sinopse: “Animais da Mata Atlântica I”, faz parte de uma coletânea de vídeos intitulada Animais do Muzoo que tem como objetivo apresentar os espécimes da fauna de Mata Atlântica que estão em exposição no Museu de Zoologia Prof.ª Morgana Cirimbelli Gaidzinski da Universidade do Extremo Sul Catarinense, Unesc. O vídeo apresenta as características dos espécimes como habitat, biologia e conservação, de forma lúdica por meio de um personagem do Museu, reproduzindo momentos das visitas mediadas à exposição de longa duração ” Animais da Mata Atlântica” do Museu de Zoologia.

“Nimbus, O caçador de Nuvens “
Direção: Marco Nick –
Duração: 15 minutos
Sinopse: Durante uma tempestade, Nimbus se aventura pela floresta para capturar nuvens imensas e furiosas.

“Aurora – A Rua que queria ser rio “
Direção: Radhi Meron
Duração: 10 minutos
Sinopse: Se as ruas pudessem falar, o que diriam?
Aurora é uma solitária rua de uma grande cidade. Em um dia de chuva solitário, ela relembra sua trajetória e sonha com o futuro e se pergunta: é possível uma rua morrer?

“Guri”
Direção: Adriano Monteiro
Duração: 12 minutos
Sinopse: Victor é um menino de 12 anos que sonha em vencer um campeonato de Bolinha de Gude do seu bairro.

“As Aventuras de Pety”
Direção: Anahi Borges,
Duração: 14 minutos
Sinopse: O filme tem início quando, no céu de Tutameia, surge um lindo e majestoso arco-íris. Em busca do baú de ouro, Pety e seus amigos partem em direção ao bosque da cidade, onde vivem aventuras com seres fantásticos do folclore brasileiro e descobrem que o verdadeiro tesouro pode estar muito mais próximo do que se imagina.

Diário do Ribeira

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS