23 de outubro de 2021 - 12:04

HomeDESTAQUES DO DIAEstádios de futebol começam a receber torcidas em SP; veja regras

Estádios de futebol começam a receber torcidas em SP; veja regras

A partir desta terça-feira (5) está liberada a presença de torcidas em estádios de futebol no estado de São Paulo. Haverá um limite de 30% da capacidade dos locais para lotação dos torcedores. O primeiro jogo acontece na terça, na partida entre Corinthians e Bahia, às 21h, em Itaquera, zona leste da capital paulista.

Neste primeiro jogo com torcida desde o início das medidas de distanciamento social que proibiram a presença nas arquibancadas, apenas 14,6 mil ingressos foram colocados à venda.

mas o limite para a presença de torcedores deve aumentar gradativamente. Já no dia 15 deste mês o percentual máximo permitido passará a ser de 50%. Em novembro os estádios poderão receber torcedores ocupando 100% da capacidade dos estádios.

O que saber antes de comprar o ingresso:

  • No estádio, o torcedor deve apresentar o cartão de vacinação contra a Covid-19 (físico ou pelo aplicativo ConecteSUS);
  • Será verificado se o torcedor tomou as duas doses ou a dose única das vacinas;
  • O uso de máscara no estádio é obrigatório;
  • Caso o torcedor tenha tomado apenas a primeira dose da vacina será possível apresentar um teste de antígeno feito, no máximo, 24h antes da partida ou um teste PCR feito, no máximo, 48h antes da partida.

Autorização para torcidas em estádios ocorreu antes do previsto

O comitê científico do estado de São Paulo deu o aval, no dia 23 de setembro, para a volta do público aos estádios de futebol a partir do dia 4 de outubro. A decisão foi tomada após pedido dos cinco times paulistas que disputam o Campeonato Brasileiro da Série A e da Federação Paulista de Futebol (FPF).

A medida foi anunciada pelo governador João Doria (PSDB) em sua conta no Twitter, às 22h24. Com isso, Doria abriu caminho para o futebol depois de ter anunciado, em agosto, que a realização de jogos com a presença de público, assim como shows e pistas de dança, seria liberada somente a partir de 1º de novembro.

 

 

 

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS