23 de outubro de 2021 - 11:23

HomeESTADOJustiça de SP nega pedido de liberdade à 'Gatinha da Cracolândia'

Justiça de SP nega pedido de liberdade à ‘Gatinha da Cracolândia’

Nesta terça-feira (27), a Justiça de São Paulo negou um pedido de liberdade feito pela defesa de Lorraine Bauer, de 19 anos, suspeita de liderar o tráfico de drogas na cracolândia, região central da capital paulista. A estudante conhecida como “gatinha da cracolândia” foi presa no dia 22 de julho.

Alegando necessidade de garantia da ordem pública, o juiz Gerdinaldo Quichaba Costa, da 13ª Vara Criminal de São Paulo afirma que “uma vez que a acusada foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, sendo que já respondia a outro processo em relação ao mesmo delito.” As informações são do G1.

“Além disso, não é cabível a conversão da prisão preventiva em domiciliar na medida em que a denunciada descumpriu o mesmo benefício em outro processo recentemente, conforme informado às fls.12/13. Assim, indefiro os pedidos da Defesa”, determinou o juiz.

Esta é a segunda tentativa da defesa de conseguir liberdade à Lorraine. Em agosto, foi solicitada a conversão da detenção em prisão domiciliar, com o argumento de que a jovem tem um filho com menos de um ano de idade, o que também não foi concedido.

Lorraine Bauer está presa desde 22 de julho no 89º Distrito Policial do Morumbi, na zona sul da capital paulista. A influenciadora digital mantinha perfis nas redes sociais com fotos que mostravam uma vida de luxo, que segundo suspeitas, era proporcionada pelos ganhos com o tráfico de drogas na cracolândia.

 

 

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS