20 de outubro de 2021 - 23:26

HomeBRASILCPI da Covid: Hang admite contas no exterior e nega financiar fake...

CPI da Covid: Hang admite contas no exterior e nega financiar fake news

O empresário bolsonarista Luciano Hang se apresentou para depor na CPI da Covid na manhã desta quarta-feira (30), durante a sessão ele afirmou que nunca financiou a disseminação de fake news e também que não é negacionista em assuntos relativos à pandemia do novo coronavírus.

Os membros da comissão afirmam ter em mãos documentos que mostram a atuação financeira do empresário para bancar grupos que espalham fake news nas redes sociais.

O empresário, em resposta ao relator Renan Calheiros (MDB-AL), confirmou que tem contas no exterior. “Temos contas no exterior, offshore no exterior, devem ser duas ou três, todas declaradas na receita federal”, afirmou.

O presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou que a comissão “tem indícios que vossa senhoria usa suas contas no exterior para financiar fake news”.

Morte da mãe de Luciano Hang

O empresário bolsonarista Luciano Hang afirmou que não vai aceitar que a morte de sua mãe, Regina Hang, vítima de Covid-19, seja usada politicamente.

Regina Hang morreu após lutar contra a Covid-19, internada em hospital da rede Prevent Senior. Luciano Hang depois gravou um vídeo em defesa do tratamento precoce, afirmando que ela poderia estar viva se tivesse sido tratada com os medicamentos do Kit Covid.

No entanto, durante as investigações da CPI da Covid do caso Prevent Senior, foi constatado no prontuário médico de Regina Hang que ela recebeu sim os remédios sem eficácia comprovada para o tratamento da Covid-19, como a hidroxicloroquina.

“Imaginem o quanto é duro para mim ver a morte da minha mãe ser usada politicamente de forma tão vil, baixa e desrespeitosa, por isso não aceito qualquer desrespeito à memória da minha mãe”, afirmou. “Tenho a consciência tranquila de que, como filho, sempre fiz o melhor por ela”, completou.

Renan Calheiros

Antes de iniciar seus questionamentos, o relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou que o empresário Luciano Hang é um bobo da corte. A fala provocou a reação de governistas, em particular do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ).

“Em todas as eras do nosso país, houve a figura do bobo da corte”, afirmou Renan. “São úteis para bajular o rei e criar cortinas de fumaça”.

Flávio Bolsonaro depois apresentou uma questão de ordem e pediu para que a cúpula da CPI da Covid não permita que o depoente seja tratado com desrespeito.

 

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS