23 de outubro de 2021 - 11:44

HomeBRASILMorte da mãe de dono da Havan teria sido fraudada pela Prevent...

Morte da mãe de dono da Havan teria sido fraudada pela Prevent Senior, diz relator da CPI

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, afirmou que a comissão tem provas de que o bolsonarista e empresário Luciano Hang, o dono da Havan, pediu para os médicos não divulgassem o tratamento realizado pela sua mãe. O tratamento foi realizado com ‘kit Covid’, sem nenhuma eficácia e sua mãe Regina Modesti Hang foi uma das vítimas de Covid-19.

Hang é um dos principais defensores do chamado tratamento precoce, com medicamentos sem eficácia comprovada para tratar a Covid-19.

“Há uma farsa que essa comissão provará que aconteceu. Infelizmente. Porque um filho que utiliza dessa forma a sua mãe, com Covid no hospital com os medicamentos do tratamento precoce. E nós temos comprovação e ele recomendou a médicos ‘olha, escondam que a minha mãe foi tratada com cloroquina para não desmerecer a eficácia do plano”, disse o relator.

Renan em seguida classificou essa situação como “uma coisa macabra, vergonhosa, reprovável, repugnável sob qualquer aspecto”.

O presidente Omar Aziz (PSD-AM) afirmou que Hang levou sua mãe, de Santa Catarina para São Paulo, justamente para que ela fosse tratada com o “kit Covid”.

“O senhor [Hang] é um homem de posse e colocaria a sua mãe e levaria para a lua para salvá-la.”
“Ele teria condições de alugar um foguete para a lua. Ele levou para a Prevent Senior, que não é um dos melhores hospitais de São Paulo”, completou.

 

 

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS