20 de outubro de 2021 - 23:18

HomeDESTAQUES DO DIAApós prisão de Suman, vice-prefeita assume o Executivo de Guarujá

Após prisão de Suman, vice-prefeita assume o Executivo de Guarujá

Adriana Machado (PSD) assume, nesta quinta-feira (16), a Prefeitura de Guarujá. A vice de Valter Suman (PSDB) será a titular do Executivo guarujaense após o prefeito ter sido preso nesta quarta-feira (15) durante ação da Polícia Federal.

Suman e o secretário municipal de Educação, Marcelo Nicolau, foram presos, em flagrante, em decorrência de uma operação da Polícia Federal (PF) que apura um esquema de desvios de dinheiro na área da saúde. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos durante toda a manhã de quarta-feira nos apartamentos onde moram o prefeito e o secretário, bem como nos paços municipais de Guarujá (Moacir dos Santos e Raphael Vitiello) e em um prédio de luxo no Boqueirão, em Santos.

A investigação foi iniciada no começo de 2021 e é referente a supostas irregularidades no contrato entre a Prefeitura e a Organização Social Pró-Vida, que administra a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Rodoviária e 15 Unidades de Saúde da Família (Usafas). Pelas investigações apurarem a destinação de verbas federais, a investigação envolve tanto a PF quanto o Ministério Público Federal (MPF). Os advogados de Suman e Nicolau ainda não se manifestaram sobre o ocorrido. A operação e as prisões surpreenderam funcionários públicos e secretários de Suman.

Menos de 12 horas depois de Suman e Nicolau terem sido levados de camburão até São Vicente, os secretários nomeados pelo prefeito se reuniram com a vice-prefeita Adriana Machado. Após aproximadamente quatro horas de reunião, durante toda a manhã desta quinta-feira e o começo da tarde, os servidores públicos decidiram seguir com os trabalhos de maneira normal e declararam total apoio à vice de Suman para que ela assuma a agenda e todas as funções de Valter Suman para que o município siga trabalhando normalmente.

Confira, a seguir, a íntegra da nota da Secretaria de Comunicação de Guarujá em referência à reunião entre a, agora prefeita da Cidade, e o secretariado municipal.

“A Prefeitura de Guarujá informa que, em vista dos acontecimentos da última quarta-feira, e até que surjam novos desdobramentos acerca da operação realizada ontem em Guarujá pela Polícia Federal, o Poder Executivo Municipal segue suas atividades normalmente, sob o comando da vice-prefeita, Adriana Machado, eleita democraticamente nas eleições de 2020.

Adriana despacha normalmente no Paço Municipal Moacir dos Santos já na manhã desta quinta-feira (16), tendo, inclusive, participado de cerimônia de recepção dos novos funcionários da rede municipal de saúde, aprovados em processo seletivo, na manhã de hoje, no Teatro Municipal Procópio Ferreira, e de reunião com o secretariado municipal, no Paço Moacir dos Santos Filho.

Assim como a vice-prefeita em exercício, o secretário municipal adjunto de Educação, João Pechiori, assume, interinamente, o comando da pasta, a partir desta quinta-feira (16), também. A Administração Municipal segue resiliente, no aguardo de novas informações a respeito das investigações em trâmite na Polícia Federal, onde os autos que culminaram nos acontecimentos de ontem correm em completo segredo de justiça.

“Na qualidade de vice-prefeita eleita nas eleições de 2020, desempenho normalmente as funções à frente do Executivo de Guarujá, despachando no Paço Municipal Moacir dos Santos, até que haja novos desdobramentos acerca dos acontecimentos e, após a devida apuração dos fatos, o prefeito Válter Suman, servidor municipal com mais de 30 anos de carreira e conduta ilibada e irrepreensível, reassuma suas funções na Prefeitura”.

 

FUTURO
Os secretários e a vice-prefeita recém empossada como titular do Executivo aguardam agora novas definições da Justiça. Suman e Nicolau serão submetidos a uma audiência de custódia no Fórum de Santos ainda durante esta quinta-feira, embora as autoridades não tenham divulgado o horário em que ambos deverão chegar no local para prestar esclarecimentos. Após isso, caberá ao juiz encarregado da audiência definir se ambos poderão ser libertados ou se serão mantidos presos.

 

Diário do Ribeira/Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS