25 de setembro de 2021 - 22:19

HomeDESTAQUES DO DIACinesolar promove sessões gratuitas de cinema em Miracatu nesta sexta (13)

Cinesolar promove sessões gratuitas de cinema em Miracatu nesta sexta (13)

O Cinesolar, em Parceria com o Legado das Águas, promove nesta sexta-feira (13) mais duas sessões gratuitas de cinema movido a energia solar no município de Miracatu.

Desta vez, a sessão se dará na Escola Estadual Armando Gonçalves, com início às 13h45 e com um programa de curtas formados por quatro títulos: “O que é ser negro?”, produzido pelos alunos da turma de 2020 da Rede Brazucah em Miracatu, “Plantae”, de Guilherme Ger, “Mãe Não Chora”, de Carol Rodrigues e Veneza Oliveira” e “O Gigante”, de Júlio Vanzeler e Luís da Matta Almeida. Quem não puder participar desta sessão, terá a oportunidade de assistir a essas obras às 15h, no mesmo local.

Com apoio do Legado das Águas – maior reserva privada de Mata Atlântica do país, as exibições na cidade trazem curtas-metragens com temática infantojuvenil e de sustentabilidade voltados para público de todas as idades.

As sessões seguirão rígidos protocolos de segurança, com disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos, controle de acesso e distanciamento entre as cadeiras, com uso de máscara será obrigatório durante todo período de exibição.

Alunos Rede Brazucah

A passagem do Cinesolar por Miracatu marca a conclusão do projeto de formação Rede Brazucah na cidade em 2020. A iniciativa capacitou alunos de escolas públicas locais para exercerem atividades de agentes culturais e produtores de conteúdo para a internet.

Com carga horária de 72 horas, as aulas foram ministradas em ambiente on-line e conteúdo programático focado em produção audiovisual em redes sociais, passando ainda por temas ambientais e sociais relevantes da atualidade.

Ao final do curso, os jovens produziram o documentário “O que é ser negro?” a partir de gravações remotas por teleconferência para a gravação das entrevistas que compõem o material.

Serviço:
Exibições do Cinesolar em Miracatu, no Vale do Ribeira
Quando: 13 de agosto (sexta-feira), a partir das 13h45
Onde: Escola Estadual Armando Gonçalves

Programação:
Sessão de curtas-metragens com temática infantojuvenil e de sustentabilidade

Títulos exibidos:
“O que é ser negro” (Alunos Rede Brazucah de Miracatu – 2020 – Livre – 8 min)

“Mãe Não Chora” (Carol Rodrigues e Veneza Oliveira – 2019 – Livre – 20 min)
Sinopse: Raquel trabalha na vara da família na defensoria pública, e tem que levar seu filho para o trabalho porque não consegue deixá-lo com o pai.

“Plantae” – (Guilherme Ger – 2019 – Livre – 10 min)
Sinopse: Ao cortar uma grande árvore no interior da floresta, um madeireiro contempla uma inesperada reação da natureza. Uma reflexão sobre as consequências irreversíveis do desmatamento e da subjugação lamentável dos humanos aos demais seres da Terra.

“O Gigante” (Júlio Vanzeler e Luís da Matta Almeida – 2012 – Livre – 10 min)
Sinopse: De todas as histórias que meu pai me contou, a que nunca esqueci foi a do rei que sempre carregou uma princesa dentro de seu coração…”

Às 15h haverá sessão reprise com as exibições dos três curtas.

 

Diário do Ribeira

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS