25 de setembro de 2021 - 20:38

HomeDESTAQUES DO DIAMárcio França diz que Alckmin deve sair do PSDB em agosto

Márcio França diz que Alckmin deve sair do PSDB em agosto

Possível candidato ao Governo de São Paulo em 2022, Márcio França (PSB) disse nesta sexta-feira (30) que o ex-governador Geraldo Alckmin deve sair do PSDB em agosto. A afirmação foi dada ao ser questionado pela reportagem da Gazeta se deve concorrer ao governo paulista em 2022 ou compor chapa como vice de Alckmin, possibilidade que vem sendo negociada nos bastidores.

“Alckmin deve sair do PSDB em agosto. Aí conversaremos mais concretamente”, disse França à Gazeta. Ele também afirmou que, neste momento, pretende concorrer ao governo paulista em 2022. “Sou pré-candidato a governador de São Paulo”.

Líder na pesquisa Govnet/Opinião Pesquisa no cenário mais provável, divulgada com exclusividade pela Gazeta de S. Paulo em 7 de julho, o ex-governador Geraldo Alckmin estuda deixar o PSDB para concorrer por outra legenda e, dessa forma, buscar um quinto mandato como governador de São Paulo. O destino mais provável é o PSD, legenda comandada pelo ex-prefeito da Capital, Gilberto Kassab. Há também a possibilidade do PSB.

Há uma costura política sendo negociada neste momento para aumentar a força da possível candidatura capitaneada por Alckmin, com ele disputando as eleições com França – que também já foi governador de São Paulo – como vice. O ex-presidente da Fiesp, Paulo Skaf, se uniria a ambos para ser candidato ao Senado.

Nada garante, porém, que essa união se concretize. Há uma pressão entre eleitores para que França não abra mão de se candidatar ao governo paulista. Na pesquisa Govnet/Opinião Pesquisa, o pessebista aparece numericamente na quarta colocação, atrás de Alckmin, Guilherme Boulos (PSOL) e Fernando Haddad (PT). Seu grande trunfo é a baixa taxa de rejeição entre os eleitores do Estado.

A reportagem entrou em contato com a assessoria do PSDB para saber a posição da legenda sobre a eventual saída de Alckmin, e vai atualizar esse texto assim que receber a resposta.

 

Diário do Ribeira/Gazeta SP

Foto: Governo de SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS