17 de maio de 2022 - 02:00

HomeDESTAQUES DO DIAAgricultores quilombolas participam de Rodada de Negócios nesta quarta (14) em Eldorado

Agricultores quilombolas participam de Rodada de Negócios nesta quarta (14) em Eldorado

Por meio da Secretaria da Justiça e Cidadania e da Fundação Itesp, o Governo do Estado de São Paulo irá realizar na cidade de Eldorado, nesta quarta-feira (14), uma Rodada de Negócios com produtores agrícolas de comunidades quilombolas e empresas que buscam estabelecer parcerias de comercialização.

O evento acontece à partir das 09h30, no Ginásio Poliesportivo Municipal “Felix Valóis Pupo” e contará com a presença de agricultores quilombolas de diversas comunidades que estarão expondo seus produtos.

O objetivo da rodada de negócios é colocar frente a frente o produtor e as empresas cadastradas no Programa Cultivando Negócios, que tem como slogan “Plantou, Colheu, Vendeu”.
“Nosso foco é fazer com que os produtores quilombolas possam vender seus produtos, e assim aumentar a lucratividade e a comercialização”, comentou Diogo Telles, diretor executivo da Fundação Itesp, que também estará presente no encontro.

Cultivando Negócios

O Programa Cultivando Negócios foi lançado recentemente pelo Governo de São Paulo e está inserido entre as ações do programa Vale do Futuro. O programa busca aproximar produtores rurais de assentamentos estaduais, comunidades quilombolas e compradores.

Tanto produtores como compradores podem se cadastrar na plataforma www.cultivandonegocios.sp.gov.br como forma de disponibilizar as intenções de compra, no caso de empresários e comerciantes, e para o produtor, a quantidade de produto disponível que ele tem em estoque. Os negociantes ainda podem trocar contatos e finalizar compromissos, levando mais valor aos produtos, gerando lucratividade e escoamento da produção.

Somente em 2021, os produtores rurais que recebem assistência da Fundação Itesp nos assentamentos rurais e comunidades quilombolas, comercializaram mais de R$ 130 milhões em todo o Estado de São Paulo. Nos três últimos anos foram mais de R$ 600 milhões. No Vale do Ribeira as comunidades quilombolas produziram em 2019 e 2020 mais de R$ 3,5 milhões.

A Fundação Itesp presta assistência técnica para 1.445 famílias quilombolas, distribuídas em 14 municípios. São 36 comunidades reconhecidas como remanescentes de quilombos pelo Governo do Estado de São Paulo, seis delas já tituladas em terras públicas estaduais.

 

Diário do Ribeira

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS