19 de maio de 2022 - 09:55

HomeDESTAQUES DO DIAAssaltante invade imóvel em Cananéia e anuncia estar cumprindo ordens de facção...

Assaltante invade imóvel em Cananéia e anuncia estar cumprindo ordens de facção criminosa sobre uma ‘morte encomendada’

Um casal de Cananéia foi surpreendido em sua própria residência, localizada no Bairro Retiro das Caravelas na manhã desta segunda-feira (28/06) por um indivíduo armado.

De acordo com relatos das próprias vítimas, o primeiro contato com o bandido foi da esposa, de 71 anos, que ao se levantar pela manhã desceu para preparar o café. Ao notar a falta de alguns objetos da área externa da casa, e prontamente fazer a verificação nas demais dependências da mesma área, ela se deparou com o indivíduo armado, que a segurou e apontou uma arma de fogo para sua cabeça. Por conseguinte, eles se dirigiram até o interior da casa, onde a esposa chamou pelo seu marido, uma advogado de 84 anos, que seria o alvo da ação criminosa.

Conforme Boletim de Ocorrência registrado na mesma segunda-feira, no período da tarde, o assaltante teria sido contratado pela facção criminosa do PCC (Primeiro Comando da Capital) para ‘apagá-lo’. Ele estava com o rosto tampado, com um cachecol enrolado e uma toca, ficando à mostra apenas seus olhos.

Uma vez com os dois em seu poder, o criminoso ordenou que ambos se deitassem no chão e permanecessem de costas. Enquanto explicava o motivo de sua abordagem ele também pisava sobre as costas das vítimas.

Em uma tentativa de saber quem seria o mandante da execução, o advogado falhou e o drama prosseguiu com o bandido pedindo que as vítimas se dirigissem para o quarto, no andar de cima do imóvel.

Ao chegar ao local, indagou o casal sobre a existência de cofres pela casa. Foi nesta ocasião, e em um lapso de consciência em prol de sua sobrevivência e da sua esposa, que o advogado lhe perguntou sobre qual valor seria necessário para que ele não o executasse.

O indivíduo prontamente pediu a quantia de 10.000 reais em espécie. Como não dispunha deste valor em sua residência, a vítima pediu autorização do bandido para ir sacar o dinheiro no banco. O assaltante permitiu que ele se dirigisse até a instituição financeira, sob a condição de não envolver a polícia no caso e que diante de qualquer suspeita de ação policial, ele executaria sua esposa.

Ele contou ao gerente do banco rapidamente o ocorrido e lhe solicitou sigilo. Em seguida, retornou para sua residência com o valor acordado e entregou ao assaltante 50 notas de 200 reais.

Com o dinheiro em mãos, o infrator ainda sacou joias e outras bijuterias da esposa do alvo, com valor estimado em 1.000 reais, que foram armazenadas em uma mala de viagem do casal.

Posteriormente, ele solicitou que o declarante do B.O o levasse em seu automóvel até determinada altura da ‘estrada da ponte’, em Cananéia. Na altura do km 04, ele solicitou ao condutor que parasse para que ele pudesse descer.

Apreensivo, ele conseguiu estabelecer um curto diálogo com o bandido, que lhe informou que vinha de Curitiba e que, com ele, havia mais dois indivíduos envolvidos no esquema, os quais estavam coordenando detalhes da ação via celular.

O desfecho do drama se deu com o alvo retornando para sua casa a salvo e encontrando sua esposa da mesma maneira, também ilesa.

 

Diário do Ribeira/Da Reportagem

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS