18 de junho de 2021 - 18:01

HomeDESTAQUES DO DIAPastor de Ilha Comprida que acreditava no poder curativo de sua fé,...

Pastor de Ilha Comprida que acreditava no poder curativo de sua fé, morre vítima da Covid-19

Luis Oliveira, de 76 anos, pastor da Igreja batista de Ilha Comprida, morreu vítima da Covid-19 e abandonado pelo poder curativo que ele depositava em sua fé.
De acordo com informações da administração municipal, o pastor chegou a tomar a primeira dose do imunizante, mas se recusou a tomar a segunda.

A confirmação da contaminação pelo coronavírus se deu no aeroporto, prelúdio à viagem que faria à Gramado (RS).

Com o resultado do teste positivo, Luis foi impedido de seguir viagem e retornou para a Ilha Comprida,. De acordo com fontes próximas ao dirigente da Instituição cristã, ele apresentava muita resistência em buscar atendimento médico e acreditava que seria curado pela sua fé.

“Ele tinha uma fé muito grande e convicção que iria superar a doença”, disse uma fiel da igreja.

Apesar de a prefeitura não admitir passagem do pastor pelo Posto Covid, onde teria feito segundo teste com resultado ainda não divulgado, amigos confirmaram atendimento dele pela unidade especializada de saúde.

No mesmo dia da realização do teste, Luís Oliveira teve seu quadro piorado à noite, e acabou morrendo na manhã seguinte, sábado, 22 de maio, em sua casa.

 

Diário do Ribeira

 

 

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS