18 de junho de 2021 - 18:37

HomeESPORTESCom Sylvinho nas tribunas, Corinthians se despede da Sul-Americana goleando o River...

Com Sylvinho nas tribunas, Corinthians se despede da Sul-Americana goleando o River Plate (PAR)

Em jogo no qual se despediram da Copa Sul-Americana, os jogadores do Corinthians aproveitaram o duelo com o River Plate (PAR), nesta quarta-feira (26), para mostrar algumas de suas características ao novo técnico da equipe, Sylvinho.

Apresentado na terça (25), o treinador apenas acompanhou de um camarote da Neo Química Arena a goleada por 4 a 0.

Foi de lá que ele viu Ramiro marcar duas vezes, uma em cada tempo. Mateus Vital e Jô, ambos na etapa inicial, também balançaram a rede em mais um tranquilo triunfo da equipe alvinegra, que já entrou em campo sem chance de classificação às oitavas de final.

Como motivo de preocupação para a comissão técnica, Cássio teve de deixar a partida no intervalo após sentir dores na coxa direita e foi substituído por Matheus Donelli. O goleiro titular passará por exames nesta quinta (27).

Ainda que não pudesse estar à beira do gramado em Itaquera, foi Sylvinho que orientou o técnico interino Fernando Lázaro, analista de desempenho da equipe, a poupar alguns titulares e dar uma oportunidade a atletas menos utilizados recentemente.

Lázaro, que é filho de Zé Maria, 72, lateral histórico do Corinthians, repetiu os passos do pai ao dirigir o elenco alvinegro e levará em seu histórico duas goleadas em dois jogos. Ele também esteve à frente do time diante do Sport Huancayo (PER), na semana passada, quando os corintianos venceram por 5 a 0, em outro compromisso válido pela Sul-Americana.

No domingo (30), na rodada de abertura do Campeonato Brasileiro, o Corinthians já será comandado por Sylvinho diante do Atlético-GO, às 18h15, em Itaquera.

O ex-lateral chega ao clube ciente de que não há recursos financeiros para contratações. Além dos atletas do atual elenco, será nas categorias de base que terá de buscar opções para a sequência da temporada.

Além do Nacional de pontos corridos, a equipe alvinegra terá pela frente a disputa da Copa do Brasil. No segundo principal torneio do continente, o time já entrou em campo, nas duas rodadas finais, eliminado.

Com dez pontos em seis jogos, terminou sua jornada na competição em segundo lugar no Grupo E, três pontos atrás do Peñarol (URU), que ficou com a única vaga da chave nas oitavas de final.

A segunda posição rendeu aos cofres do clube uma premiação de US$ 120 mil (R$ 637,6 mil). É um valor que não trará grande alívio para o Corinthians, que tem uma divídida de cerca de R$ 1 bilhão.

 

 

CORINTHIANS
Cássio (Matheus Donelli, no intervalo); Bruno Méndez, João Victor, Raul Gustavo e Fábio Santos; Ramiro (Vitinho), Roni e Araos (Gabriel Pereira); Adson, Mateus Vital (Cantillo) e Jô (Cauê). T.: Fernando Lázaro

 

RIVER PLATE-PAR
Serdán; Saldívar, Garcete (Navarro), Giménez e Montiel; Sosa, Quiñonez (Torales) e Contrera (Vera), Sosa; Gaona (Bogado), Otazú e Pérez (Caballero). T.: Celso Ayala

 

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Árbitro: José Argote (VEN)
Assistentes: Christian Lescano (EQU) e José Retamal (CHI)
Cartões amarelos: Vitinho (COR); Saldívar, Bogado, Garcete, Montiel e Contrera (RIV)

 

Diário do Ribeira/Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS