18 de junho de 2021 - 05:08

HomeESTADOGoverno de SP recua e prorroga fase de transição do Plano SP...

Governo de SP recua e prorroga fase de transição do Plano SP até dia 14 de junho

O governo João Doria (PSDB) recuou na flexibilização das regras de isolamento social e prorrogou nesta quarta-feira (26) a fase de transição do Plano São Paulo até o dia 14 de junho. Segundo Doria, os indicadores da pandemia recomendam cautela neste momento. Com isso, permanecerá permitido aos estabelecimentos o funcionamento apenas até as 21h, com lotação máxima de 40%. O anúncio foi feito no Palácio dos Bandeirantes, na zona oeste, em coletiva sobre medidas contra o coronavírus.

Antes, apesar do alto patamar de casos, o governo havia anunciado que a fase de transição do Plano SP seguiria até 31 de maio e, a partir de 1º de junho, teria início uma nova fase do plano, com ampliação do horário de funcionamento das atividades econômicas até as 22h e maior de ocupação dos estabelecimentos, de 60%.

Paulo Menezes, coordenador do centro de contingência contra o coronavírus, afirmou o adiamento é a medida mais prudente. “Tivemos avaliação de que não seria ainda o momento de poder avançar como havia sido pensado na semana anterior e hoje a gente tem a extensão para continuarmos caminhando desta forma. Houve um aumento na incidência de casos. Semana passada estávamos com 370 casos por 100 mil a cada 14 dias. Hoje, temos 418 casos por 100 mil, um aumento de 10%”, disse.

O número de internações passou de 72 por 100 mil para 77 por 100 mil. “Isso também já é bastante sugestivo do processo de vacinação nos mais vulneráveis que reduz a probabilidade de haver casos graves e assim nós continuamos esse monitoramento”, disse.

João Gabbardo, também do centro de contingência, citou os patamares elevados de casos e internação. “Aos poucos nós vamos substituindo uma metologia de abrir e fechar setores econômicos e empresas para um monitoramento mais inteligente”, disse o médico, citando o anúncio de ampliação da testagem feito pelo governo.

Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico, disse que haverá 10 eventos teste no estado, como festas, eventos sociais e feiras criativas. “Todas as pessoas que participarem serão testadas e monitoradas em duas semanas”, disse Patrícia Ellen.

O objetivo é fazer o acompanhamento deste tipo evento, para avaliar protocolos para uma reabertura no futuro.

 

Vacinação

Doria também anunciou a previsão da vacinação contra coronavírus de pessoas entre 45 e 54 anos a partir do dia 2 de agosto.

O governador também anunciou a vacinação de trabalhadores aeroviários nesta sexta-feira (28). Os funcionários de Cumbica, Congonhas e Viracopos.

Os portuários do Porto de Santos serão vacinados a partir de terça (1º). O total, entre aeroviários e portuários, é de 40 mil pessoas.

 

Diário do Ribeira/Gazeta SP

Foto: Governo do Estado

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS