20 de junho de 2021 - 06:48

HomeDESTAQUE DA HORACovid-19: Vale do Ribeira volta a viver drama de ocupação máxima de...

Covid-19: Vale do Ribeira volta a viver drama de ocupação máxima de leitos de UTI

O Vale do Ribeira volta a viver o drama de falta de leitos em decorrência da pandemia do coronavírus.

Pelo quarto dia consecutivo, a Região registra taxas de ocupação das UTIs Covid acima de 90%.

De acordo com informações, além do aumento de internações, há de se considerar o fato do tempo maior de permanência dos pacientes nos leitos, o que leva a esse aumento das taxas de ocupação.

Dados da Fundação Sistema Estadual de Análises de Dados confirmam que, no começo de maio, a taxa de ocupação estava na casa dos 85%. Uma semana depois foi para quase 89% e, após 6 dias, já atingia 94 %.

A Secretaria de Saúde do Estado informou, por meio de nota, que mantém 2 hospitais estaduais no Vale do Ribeira, com 76 leitos destinados a pacientes com covid. Também informou que durante a pandemia o número de UTIs quase triplicou em todo o estado. Em Registro, por exemplo, foram abertos 45 leitos.

Mesmo com esse aumento, profissionais observam que estes leitos estão com constante demanda. As 10 vagas do Hospital São João não desocupam nem um dia sequer, fato que traz uma situação de alarme e faz mais um alerta para que a população se cuide.

Os profissionais ainda chamam a atenção e explicam que um leito de UTI não é uma cama dentro de um hospital. Trata-se de um leito que exige profissionais habilitados, com experiência, uma vez que são casos muito graves. Em conclusão, afirmam que não há mais como expandir as estruturas dos hospitais na Região.

Acompanhe o Boletim divulgado nesta quinta-feira pelo Departamento Regional de Saúde de Registro:

 

Diário do Ribeira

 

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS