18 de junho de 2021 - 06:44

HomeLITORALBêbado é preso após dar tiro pra cima por ser impedido de...

Bêbado é preso após dar tiro pra cima por ser impedido de ver a filha em Itanhaém

Um homem foi alvejado por agentes da Polícia Militar e detido no último domingo (16) após ele ter ameaçado a ex-companheira em Itanhaém, no litoral sul de SP, usando uma arma de fogo. Segundo a vítima, o suspeito foi até a frente de sua casa e exigiu aos gritos ver a filha. Ao perceber que ele estava embriagado, ela não atendeu a porta, mas ouviu o momento em que ele fez uma nova ameaça antes de um barulho de disparo de arma de fogo. O homem foi preso horas depois e tentou fugir dos PMs antes de ameaçá-los com a mesma arma. Ele foi alvejado pelos profissionais e está internado no Hospital Regional.

De acordo com informações registradas no boletim de ocorrência, o suspeito chegou na porta da casa da ex-companheira, no bairro Jardim Itapel, apresentando sinais de embriaguez por volta das 19h30. De acordo com a vítima, ela permaneceu em união estável com ele por cerca de 8 anos e ambos tiveram uma filha durante este período, mas acabaram se separando devido aos problemas do homem com álcool.

Quando a mulher percebeu que o ex estava visivelmente embriagado, ela decidiu ficar em silêncio dentro da casa onde mora atualmente com a filha enquanto o homem gritava do lado de fora exigindo ver a criança. Ao perceber que não seria atendido, o suspeito, segundo a testemunha, mudou um pouco o tom e deu mais um grito.

“Não vai abrir a porta, escuta só isso aqui”.

Na sequência, ela e outras pessoas da vizinhança, escutaram o som do disparo de uma arma de fogo e o homem deixou o local em seguida. Assustada, ela acionou a Polícia Militar e explicou para os agentes o que havia acontecido. De posse do endereço atual do suspeito, os profissionais foram até a sua residência e chegaram ao mesmo momento em que o autor do disparo chegava com seu automóvel.

Ao perceber a presença das autoridades, o suspeito tentou fugir e atingiu a viatura da PM. Em seguida, ele tentou acelerar novamente em outra direção e colidiu contra outro veículo que estava estacionado. Numa última tentativa, ele engatou a marcha ré, e bateu em outro carro, momento no qual ele decidiu sair de seu próprio automóvel para fugir a pé. Ao receber a ordem de parada pelos policiais, ele apontou a arma contra eles, mas foi alvejado duas vezes por eles.

O homem foi levado até o Hospital Regional de Itanhaém, onde permanece internado. A ocorrência foi registrada na Delegacia Seccional de Itanhaém como um caso de violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo, lesão corporal, ameaça e direção perigosa.

 

 

Diário do Ribeira / Gazeta SP

ULTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS